Entenda como o mercado de delivery cresceu mesmo nos últimos anos

Existem atualmente diversos aplicativos para pedir comidas e refeições, e a comodidade é um dos principais fatores que explicam o crescimento do uso dessa tecnologia. Afinal, pedir um prato no restaurante da sua preferência, podendo comparar os preços e com uma diversidade de opções, é muito bom, não é mesmo?

Pensando nisso, desenvolvemos este artigo sobre o mercado de delivery, abordando um panorama desse setor no Brasil. Então, não perca tempo e continue a leitura! 

Qual é o cenário atual do mercado de delivery no país?

Em primeiro lugar, é preciso compreender o crescimento do número de restaurantes e a explosão do segmento de food-service. E não é difícil: a rotina corrida na grande maioria das cidades brasileiras — aliada à diversidade pratos, que incluem até opções de alimentação saudável — cria um cenário perfeito para o aumento do número de restaurantes.

Nessa perspectiva, há o surgimento em paralelo do segmento de delivery (entrega em domicílio), como uma forma mais cômoda de adquirir pratos e alimentos. Mas a tradicional forma de pedir por telefone já se tornou muito pouco utilizada.

Atualmente, existem diversos aplicativos que possibilitam uma experiência mais próxima à de uma praça de alimentação virtual. A Delivery Much, por exemplo, têm um sistema que possibilita a inserção dos comerciantes no mundo digital, ofertando os seus produtos para diversos clientes de forma online.

Segundo dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), o mercado com o faturamento de pedidos efetuados por aplicativos foi de R$ 10 bilhões, no ano de 2017. Esses números mostram o potencial de crescimento e alavancagem desse segmento. Então, fique atento!

Como está a percepção do consumidor com as tecnologias?

A tecnologia mudou completamente a forma como nos relacionamos e desempenhamos as atividades mais cotidianas. E o recente empoderamento dos clientes, sem sombra de dúvidas, é um dos grandes atrativos e impulsionadores da utilização de ferramentas tecnológicas.

Inclusive, a familiaridade com os aplicativos é algo cada vez mais comum, fazendo com que a maioria das pessoas consiga superar o receio inicial de utilizá-los. Pensando, por exemplo, no caso do delivery, é possível estabelecer um panorama de antes e depois da difusão da tecnologia.

No passado, era preciso se deslocar e fazer o famoso comparativo de preços, procurando sempre a melhor opção. Hoje, já é possível consultar um número bem maior de restaurantes e ter o prato escolhido entregue no conforto da própria casa.

Quais tipos de mercado estão tendo melhores resultados com delivery?

Existem diversos segmentos de empresas que trabalham hoje com alimentação: fast-foods, alimentação saudável, produtos naturais, dentre outros. Mas o que é perceptível em todos eles é a presença de soluções que englobem o delivery.

Afinal, independentemente do setor, há sempre uma estratégia de delivery adequada à proposta comercial da empresa!

Enfim, como podemos ver, não é à toa que o mercado de delivery está em grande ascensão. Por isso, é primordial contar com soluções e tecnologias que maximizem e melhorem a relação consumidor-restaurante.

E aí, gostou do post? Sobrou alguma dúvida? Quais são as suas experiências com o delivery? Deixe o seu comentário e divida a sua opinião com a gente!