O que é logística empresarial

O que é logística empresarial

Eficiência, otimização e rentabilidade: conheça o papel da logística dentro das empresas e entenda como contornar os problemas do setor no Brasil.


Você tem um restaurante. Um cliente faz um pedido via delivery, que é encaminhado para a cozinha. No momento do preparo, alguém percebe que os ingredientes necessários não estão disponíveis no estoque e sai para comprar.

Após procurar pela cidade toda, decide que a única solução é buscar um fornecedor de fora. Em alguns dias os ingredientes chegam e o pedido é preparado.

O estoque de embalagens para delivery não foi reposto, então é preciso aguardar que a nova remessa chegue ao restaurante. Depois de tudo pronto, o entregador sai com o pedido e, algumas horas depois, ele é entregue. Uma semana depois do previsto.

Pode parecer uma situação absurda, mas sem planejamento logístico o fluxo de produção é realmente caótico. Aumentar a eficiência dos processos e diminuir a distância entre o produto e o cliente é a função principal desse setor.

Ainda que a logística não seja algo novo, pensar o seu papel dentro das empresas ainda é algo que gera muitas dúvidas. Quais são as responsabilidades da logística dentro de uma empresa? Quais são os desafios da área e como contorná-los para garantir a otimização dos processos? Confira no artigo abaixo:


MENU DE NAVEGAÇÃO

1 – Logística empresarial: conceitos e definições
2 – Responsabilidades da logística em uma empresa
3 – Vantagens de uma logística estruturada
4 – Como contornar os problemas de logística no Brasil


1 – Logística empresarial: conceitos e definições 

Se você está à frente de uma empresa em qualquer setor sabe que não existe receita para o sucesso. No entanto, é possível identificar vários ingredientes que podem levar ao fracasso.

A falta de um pensamento organizado e logístico pode ser um deles, como você pode perceber no começo deste texto. Quais as chances de um cliente voltar a comprar ou mesmo indicar um negócio depois de uma experiência como aquela? Possivelmente, seriam quase nulas.

A logística empresarial surgiu da necessidade de tornar as operações mais eficientes e com resultados melhores. Ela abrange toda a cadeia produtiva, desde a gestão de estoques até a distribuição do produto final.

Em um cenário competitivo, no qual cada vez mais empresas tentam conquistar o seu espaço, investir na qualidade da operação é um fator importante para quem almeja destaque. 

2 – Responsabilidades da logística em uma empresa (aquisição, movimentação, armazenamento e entrega de produtos)

A logística atua de uma ponta à outra quando falamos das operações de uma empresa ou do ciclo de vida de um produto. Entenda quais são as principais responsabilidades da área:

Aquisição

A gerência desse setor varia bastante de acordo com o segmento onde cada empresa atua. Em linhas gerais, ele diz respeito a todas as compras que precisam ser feitas para garantir a entrega do produto final. Entram aqui desde matérias-primas até embalagens e investimentos em maquinário.

Armazenamento

É responsabilidade da logística empresarial garantir a disponibilidade do produto final em estoque (ou dos produtos necessários para se obter o resultado final a ser entregue).

Além de ter “o quê?” armazenar na sua empresa, também é preciso pensar logisticamente no “onde?”. Fora a questão do espaço, o armazenamento inadequado e sem planejamento coloca em risco direto a qualidade dos produtos finais.

Entrega

A logística de entregas sempre foi uma área fundamental dentro das empresas. É a partir dela que é possível garantir que os produtos cheguem até os clientes ou lojas em segurança e no menor tempo possível. Uma falha nesse ponto pode levar ao questionamento sobre a qualidade da empresa como um todo. Hoje, quando o número de compras feitas exclusivamente online é cada vez maior, a importância de investir nessa área se sobressai.

3 – Vantagens de uma logística estruturada

1) Gestão mais ágil e eficiente

Quando a logística empresarial é aplicada de forma estratégica, os processos são seguidos de forma mais organizada. Com isso, é possível agilizar desde a produção até a entrega sem demandar mais custos para isso.

2) Redução de custos

A redução de custos, aliás, é uma das principais vantagens de ter uma logística bem estruturada. Gastos referentes a retrabalho e a processos executados sem necessidade podem ser diminuídos, ou mesmo eliminados.

3) Aumento dos lucros

Com a diminuição dos gastos e um ritmo de produção mais eficaz, o aumento da margem de lucros é uma consequência bem-vinda.

4) Fidelização de clientes

Se a qualidade aumenta e os produtos são entregues com rapidez, as chances de uma experiência positiva são enormes. Ao contrário do exemplo do início do texto, a probabilidade de o cliente se tornar fiel e indicar a sua empresa aumentam significativamente.

4 – Como contornar os problemas de logística no Brasil

Assim como tem pontos positivos, a área de logística também possui pontos de atenção. Veja como evitar alguns problemas que podem surgir na sua gestão:

Tenha claros os seus objetivos: se você não souber para onde a sua empresa está indo e quais são os pontos que precisa melhorar para chegar lá, como você vai pensar de forma estratégica? Reflita sobre os rumos do seu negócio e sobre quais mudanças podem ser feitas a fim de obter maior vantagem competitiva.

Monte uma equipe forte: isso é pré-requisito para qualquer área do seu negócio e na logística não seria diferente. É preciso investir em colaboradores que tenham uma visão global da empresa e saibam pensar de maneira estratégica.

Saiba onde pisa: em setores onde métricas falam mais alto, não é seguro se basear apenas no instinto. Analise os números da sua empresa antes de investir em mudanças e de definir suas estratégias na área de logística. Se você não sabe quanta matéria-prima tem em estoque ou quais produtos tem maior aceitação do público, como vai saber qual é o melhor caminho a seguir?

Pense na logística para além da sua empresa: se o planejamento logístico indicar a necessidade de aumento ou diminuição das suas compras, comunique o seu fornecedor. Se a relação for de parceria, isso é importante para que ambos possam se ajustar a essa nova estratégia.


Leitura complementar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *