Como a tecnologia tem contribuído com o mercado delivery de alimentos?

Trabalhar em setor alimentício traz uma série de desafios para os gestores. Isso porque é necessário atingir o máximo de satisfação do cliente, de forma a fidelizá-lo, conquistar indicações para novas compras e, ainda, evitar reclamações que podem prejudicar o sucesso do negócio.

E um dos pontos-chave do setor é o mercado delivery de alimentos. Continue lendo e descubra como essa área se fortaleceu nos últimos anos, os principais desafios do ramo e como a tecnologia se tornou importante aliada a fim de oferecer uma experiência diferenciada para o cliente.

O crescimento do delivery de alimentos

Comodidade, praticidade e agilidade são palavras de ordem em um mundo no qual as pessoas estão sempre correndo. A necessidade de diminuir o desperdício de tempo faz com que os consumidores invistam cada vez mais em terceirizar algumas etapas da sua rotina.

O tempo de preparo de uma refeição pode significar uma redução considerável do tempo disponível da rotina. Por isso muitos optam pelo delivery de alimentos para receber uma refeição de forma prática e rápida, sem ter que se preocupar com perder tempo na cozinha.

Além disso, quem não gosta de sair da rotina e pedir um lanche, uma refeição ou um prato diferenciado e aproveitar o conforto da sua casa, não é mesmo?

Isso significou um aumento exponencial do mercado de delivery de alimentos. Pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) mostra que essa área faturou mais de R$ 10 bilhões em 2017 e a tendência é que se fortaleça e expanda cada vez mais.

As principais dificuldades na área

Por ser um mercado em expansão, os estabelecimentos alimentícios optam por investir no serviço de entrega em casa. Por isso é importante saber quais são os principais desafios da área, a fim de evitar problemas e conquistar vantagem competitiva perante seus concorrentes. São os problemas mais comuns da área:

  • cobranças equivocadas: informa-se ao cliente um valor diferente no momento do pedido e outro no ato da entrega, confusões sobre formas de pagamento e erro no troco;
  • ligações não atendidas: principalmente em dias de maior movimento, nos quais os funcionários estão mais ocupados, pode-se perder pedidos devido à indisponibilidade para atender a ligação;
  • mal-entendido em pedidos: quantidades erradas, não registrar a retirada de determinado ingrediente do prato ou anotar um pedido diferente do solicitado pelo cliente;
  • atendimento ruim: quando o atendente não é cordial, respeitoso, ágil e eficiente no recebimento do pedido. É imprescindível que aconteça um atendimento diferenciado em seu negócio.

A tecnologia como aliada no setor de delivery

Com o desenvolvimento de novas tecnologias, muitos dos problemas e desafios citados acima podem ser corrigidos, evitando o afastamento do cliente. E um dos principais ganhos atuais é o desenvolvimento dos aplicativos especializados em delivery de alimentos.

Funcionando como um marketplace dos restaurantes disponíveis, o cliente poderá escolher o tipo de comida que deseja pedir e verificar quais estabelecimentos oferecem o que deseja.

Como o pedido é realizado via app, o próprio cliente faz a solicitação e confere o pedido, verificando se há qualquer tipo de erro, confirma o valor exato do pedido já com o frete e solicita a forma de pagamento que deseja. O próprio sistema informa o troco (quando necessário) e o tempo estimado de entrega e, por fim, não há qualquer tipo de problema com o atendimento, já que ele é feito pela interface do aplicativo.

Seu negócio está sempre em evidência, potencializando as chances de conquistar a venda do prato e, por meio da avaliação de outros usuários, você pode se destacar da concorrência da sua região.

Estar presente nos aplicativos de delivery de alimentos é essencial atualmente para melhorar taxas de fidelização, conseguir maior destaque e evitar os principais problemas do setor. Achou interessante? Entre em contato com a Delivery Much e tire suas dúvidas sobre o assunto.