Já utilizou um modelo de negócio para empreender? - Delivery Much Blog

Já utilizou um modelo de negócio para empreender?

Qualquer empreendedor iniciante costuma ter dificuldades para definir o modelo de negócio e ver, com clareza, os aspectos técnicos que tornarão sua ideia viável.

Pensando nisso, desenvolvemos este post, com o objetivo de mostrar para você como estabelecer seu modelo de negócio, uma etapa fundamental para vencer o desafio de abrir seu primeiro empreendimento. Aqui você conhecerá também o método Canvas, desenvolvido especificamente para essa tarefa. Confira!

A estruturação do seu negócio começa pela definição do modelo de negócio

É importante deixar claro que modelo de negócio é diferente de plano de negócios.

O modelo serve para dar uma visão geral de como os processos das diversas áreas da empresa integram-se, qual será o produto, como serão os lucros e como a empresa será administrada. Ou seja, é uma modelagem visual básica de como seu negócio será estruturado.

Em outras palavras, o modelo de negócio funciona como um mapa para que você visualize intuitivamente todos os itens, facilitando a elaboração das etapas seguintes do planejamento. A partir da criação do modelo será mais fácil desenvolver, em uma segunda etapa, o plano de negócios.

O plano de negócios é um documento bem mais aprofundado, criado com o intuito de fundamentar sua estratégia. Por vezes, é comum que os empreendedores levem diversos dias, até mesmo semanas, para concluir um plano de negócios bem elaborado.

Dentro de um plano de negócios, o empreendedor deve abordar dados de mercado, fazer uma análise SWOT (também conhecida como matriz FOFA) levantando as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do seu negócio e do mercado em que ele estará inserido, analisar a concorrência direta e indireta, fazer as devidas projeções financeiras e criar o plano estratégico de marketing e divulgação do seu negócio.

Agora, vamos conhecer uma ferramenta prática para formatar seu modelo de negócio: o Canvas Business Model.

Utilizando o Canvas para definir seu modelo de negócio

O Canvas Business Model é uma metodologia de mapeamento criada em meados dos anos 200 pelo suíço Alex Osterwalder. O modelo surgiu com base no trabalho de Alex sobre Business Model Ontology e desde então vem sendo amplamente utilizado no mundo todo por quem deseja empreender.

O Canva é composto por uma tabela simples, na qual é necessário preencher nove divisões:

  • segmentação de clientes;
  • proposta de valor;
  • canais de distribuição;
  • relação com clientes;
  • fontes de renda;
  • principais recursos;
  • atividades-chave;
  • parcerias;
  • lista de custos.

Visualmente falando, é assim que se parece o modelo Canvas:

IMAGEM.

A vantagem do método é a praticidade. Você conseguirá construir a tabela usando apenas uma caneta, alguns post-its e um quadro (ou mesa).

Este modelo responde à perguntas essenciais de um negócio, como:

  • O que vou vender/oferecer?
  • Para quem será destinado?
  • Como será feita a comercialização?
  • Quanto vai me custar a operação e quanto vou cobrar/lucrar?

Além disso, o modelo Canvas pode ser feito tanto em empresas ainda não criadas, para estruturar o negócio do zero, quanto e empresas já consolidadas no mercado. Para isso, é essencial que quem coordena estas operações esteja disponível para colaborar em busca de melhorias no seu modelo de negócio.

Com todas as informações organizadas, você terá uma visão ampla do seu modelo de negócio e estará apto a avançar para as etapas seguintes do planejamento.

Caso queira se aprofundar ainda mais no modelo, o SEBRAE Talks preparou um conteúdo completo sobre o modelo Canvas.

Construindo o plano de negócios

Como foi dito anteriormente, o modelo de negócios é um documento que guiará o rumo do seu empreendimento. Depois de definir a essência do empreendimento, por meio do modelo de negócio e da ferramenta Canvas, você deverá partir para o plano de negócios completo. 

Esse plano deverá abordar os seguintes temas:

  • estudar o mercado, definindo o público-alvo e estabelecendo a melhor estratégia de marketing para alcançá-lo e fidelizá-lo;
  • analisar os concorrentes e descobrir seus pontos fortes e fracos;
  • realizar a projeção de todos os custos de operação;
  • estabelecer o investimento inicial necessário para executar o projeto;
  • estipular a quantidade de vendas e o tempo necessário para que o negócio alcance o equilíbrio financeiro;
  • criar demonstrativos financeiros que mostrem a expectativa de desempenho do negócio em longo prazo;
  • avaliar a viabilidade do negócio, utilizando estimativas de retorno do capital investido e rentabilidade para fazer a análise de riscos;
  • definir os responsáveis pela gestão da empresa.

Como você pode perceber, a quantidade de detalhes para pensar e relacionar é grande, não é mesmo? Por isso mesmo que o método Canvas tornou-se amplamente reconhecido, justamente porque dá mais segurança ao empreendedor no momento de planejar a fundo seus próximos passos.

O plano de negócios é a documentação que guiará sua empresa para alcançar os objetivos que foram estipulados previamente. Ele serve até mesmo como um manual, podendo ser consultado sempre que necessário!


E aí, gostou do nosso post?

Agora que você entendeu melhor o que é um modelo de negócio, aproveite para comentar, opinando sobre o tema e deixando sugestões para aqueles que estão iniciando a jornada empreendedora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *