Começar um negocio do zero ou apostar em uma franquia digital

Começar um negócio do zero ou apostar em uma franquia digital?

Qual é o melhor caminho para quem quer investir no seu próprio negócio?

Quem deseja ter um negócio digital de sucesso se prepara, estuda o funcionamento deste modelo, vai atrás das principais tendências e ideias de negócios. Mas uma dúvida é comum a quase todos que estão dando o primeiro passo: qual é o melhor caminho para começar? Será que vale mais a pena construir um negócio do zero ou apostar em uma franquia digital?

Neste artigo falamos um pouco sobre os dois modelos. Siga a leitura e analise qual é o mais vantajoso para você.


1 – Começando um negócio do zero

2. Franquias digitais: um atalho para o sucesso

3. Três Modelos de franquias digitais para investir


1 – Começando um negócio do zero

Começar um negócio do zero é um desafio e tanto. Mas se você tem perfil de empreendedor , é um ótimo meio para ganhar dinheiro fazendo o que você gosta. Para isso, seu empreendimento deve atender a alguns pontos.

  • Assegure-se de que o seu negócio soluciona um problema

A escolha de um produto ou serviço deve ser feita por afinidade, é claro, mas também é necessário analisar se eles resolvem problemas reais dos clientes e se o mercado para este tipo de solução está aquecido. Afinal, de nada adianta você investir seus esforços, tempo e dinheiro em um negócio pelo qual ninguém tem interesse.

  • Construa valor

Este item está diretamente ligado ao anterior. É muito mais fácil criar valor em cima do seu produto ou serviço se as pessoas já têm interesse no que você oferece. Mas esta construção vai muito além: em linhas gerais, o objetivo é fazer com que o seu produto seja desejado. Que ele mude efetivamente a vida das pessoas e o mercado no qual você atua. Não é um processo rápido ou fácil. Mas, no momento que você cria um negócio de valor, conquistar uma legião de consumidores fiéis se torna uma meta muito mais palpável.

  • Dedique-se a um negócio lucrativo

O lucro não deve ser o seu único objetivo, mas de forma alguma deve ser deixado em segundo plano. Os negócios digitais possuem vantagem em comparação a negócios tradicionais neste quesito. Por não exigirem um investimento inicial muito alto e possuírem menores custos de manutenção, é possível começar a obter lucro em um prazo menor. Mas fique atento: isso não significa, necessariamente, que sua empresa é lucrativa. Nem sempre basta estar um pouquinho acima da linha vermelha, e o que vai determinar isso, dentre outros fatores, são os objetivos e metas que você traçou para o longo prazo. Até sua empresa estar bem estabelecida, é normal que os lucros se mantenham inconstantes. Mas para evitar que você fique apenas trocando dinheiro ao longo dos anos, um planejamento detalhado é essencial.

  • Seu empreendimento é escalável e replicável?

Um empreendimento é considerado escalável quando tem uma dependência menor dos seus funcionários, o que permite que ela cresça de forma mais acelerada e aumente sua margem de lucro. Já os negócios replicáveis são aqueles que podem ser reproduzidos em vários lugares, como é o caso das franquias.

Estas características podem estar presentes tanto em negócios físicos quanto digitais, sendo que nesse último modelo é muito mais fácil de garanti-las. Sozinhas, elas não são parâmetro de sucesso de uma empresa (de nada adianta escalar um negócio sem um estudo e propósito claro). Contudo, negócios assim certamente são muito mais lucrativos.

Quer dizer que, se eu seguir todos estes pontos, vou ter sucesso no meu empreendimento?

Bom, não é bem assim. Mesmo estudando e seguindo todos os pontos essenciais de negócios de sucesso, não é possível ter uma garantia de que tudo vai dar certo.

Quando começamos um negócio do zero, ele ainda não passou por uma validação e muitos ajustes precisarão ser feitos até que ele atinja um equilíbrio. Veja abaixo alguns motivos que levam os negócios online ao fracasso:

  • O empreendedor é atraído pela “facilidade” de empreender na internet;
  • O excesso de informações pode atrapalhar mais do que ajudar (quem nunca ficou perdido no início de uma pesquisa na internet?);
  • O empreendedor não se programa financeiramente;
  • O empreendedor desanima com o longo período de descobertas, erros e adaptações que um novo negócio exige.

A lista é extensa, então vamos parar por aqui…

Mas calma, não desanime! Abrir um negócio do zero não é a única forma de empreender.


2 – Franquias digitais: um atalho para o sucesso

As franquias digitais são uma opção muito mais segura para quem quer investir em um negócio sem os riscos de começar algo do zero. Além de contar com o know-how e o suporte da franqueadora, o empreendedor também pode buscar apoio nas histórias de sucesso dos outros franqueados da rede e contar com a facilidade e rapidez para entrar no mercado e expandir os negócios.

Como todo negócio, consolidar uma unidade de franquia demanda tempo e possui riscos. É importante que o empreendedor esteja ciente disso desde o início para que consiga manter o foco nos seus objetivos. Antes de tudo, é importante que você avalie as opções de franquias disponíveis no mercado e busque aquelas que mais se adequam ao seu perfil e ao nicho que você deseja atuar.

Além das vantagens já citadas, o franqueado também possui amparo legal pela Lei das Franquias, que garante a ele o direito de uso da marca ou patente cedido pelo franqueador, bem como o direito de uso da tecnologia de implantação e administração do negócio sem que haja vínculo empregatício. Conheça a seguir 3 modelos de franquias digitais nos quais você pode investir.


3 – Três Modelos de franquias digitais para investir

1 – Alimentação

Este é o setor de maior destaque no nicho de franquias. O estilo de vida da sociedade moderna é um dos fatores que fazem com que o número de pessoas que busca alimentação fora de casa cresça a cada ano.

O delivery se encaixa nesta categoria, e tem o Delivery Much como única franquia entre os líderes de mercado. Entre 2017 e 2018, houve um aumento de 233% no número de pedidos, sendo que o mercado do interior tem um potencial ainda inexplorado de 93,1%, segundo dados da franquia.

Segundo Guilherme Kruel, co-fundador e CFO da empresa, apenas 6,9% dos pedidos são feitos via app de delivery no interior do país. Ou seja, o mercado está aquecido e ainda há muito para ser explorado.

2 – Serviços educacionais

Segundo estudo divulgado em maio do ano passado pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes), as instituições privadas começarão a receber mais alunos para estudar a distância do que presencialmente em 2023.

Como falamos aqui o Brasil é um dos líderes no ranking de países que mais acessa sites na categoria de educação. As plataformas online tornam o ensino e o aprendizado mais democráticos e acessíveis de qualquer parte do país.

3 – Marketing Digital

O marketing digital já é um grande conhecido dos empreendedores, independentemente do nicho ou do modelo de negócios em que atuam. Quem decide trabalhar com franquias de marketing digital deve ter um conhecimento aprofundado sobre as principais estratégias da área, além de disponibilizar serviços que vão desde a criação de sites até o disparo de campanhas por SMS.

Quer ser um empreendedor digital? Confira mais dicas em nosso conteúdo especial: “Empreendedorismo digital: o que é, vantagens e por que apostar no modelo“.