Crescimento dos aplicativos de delivery -01

Crescimento dos aplicativos de delivery

A solução, que não se restringe mais ao setor de alimentação, é parte de um mercado que não dá sinais de desacelerar tão cedo.


Os apps de delivery deixaram de ser novidade faz tempo. Eles já foram incorporados na rotina de muitos consumidores que prezam pela agilidade e por soluções que simplificam o seu dia a dia. 

Argumentos não faltam para justificar o crescimento dos aplicativos de delivery no Brasil: é vantagem para os clientes, que têm uma solução de entrega na palma da mão, para os estabelecimentos, que têm a oportunidade de aumentar suas vendas, e para os entregadores, que garantem uma fonte de renda.

Confira como foi o crescimento deste mercado nos últimos anos e entenda por que o seu negócio deve aderir a solução se quiser continuar crescendo.


MENU DE NAVEGAÇÃO
1 → O crescimento dos apps de delivery nos últimos anos
2 → De alimentos a produtos pet: a quebra de barreiras proporcionada pelo delivery
3 → Por que aderir a um app de delivery é essencial para qualquer negócio?


1 → O crescimento dos apps de delivery nos últimos anos

A procura e o uso dos aplicativos de delivery teve um crescimento expressivo nos últimos anos. Com a expansão do mercado para o interior, principalmente a partir de 2015, os números deram um salto gigantesco: entre 2016 e 2018, eles superaram a marca de 1000%.

De 2018 para 2019, mesmo em meio à crise econômica do país, o delivery apresentou uma alta de 23%. No interior, os números foram ainda mais animadores, com um crescimento de 100% no número de pedidos entregues, seguido por uma alta de 120% no número de novos usuários de aplicativo.

No primeiro trimestre de 2019, a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) divulgou que o crescimento do número de pedidos de aplicativos girou em torno de R$1 bilhão por mês, o que levou o setor a movimentar sozinho cerca de R$11 bilhões no ano.

O dado que merece destaque é o aumento da proporção de refeições consumidas via app. Até dezembro do mesmo ano, a cada 100 refeições feitas no país, apenas 51 eram consumidas no local. As 49 restantes eram entregues via delivery ou retiradas em drive-thru.

As perspectivas para 2020 eram ainda mais animadoras, mesmo com a retomada lenta da economia. A chegada do coronavírus, no entanto, mudaram drasticamente as projeções para o mercado.

Era esperada uma alta de 11 a 13% ao longo do ano (com uma margem maior no interior), sendo que a possibilidade de o mercado dobrar de tamanho não era descartada. Com o início do isolamento, no entanto, o mercado de delivery passou a ter um crescimento inesperado até então.

O crescimento no número de usuários chegou a 155% entre a segunda quinzena de março e abril, quando o esperado para o período era de 30%. O crescimento no número de pedidos também foi muito além do imaginado, passando de 975% no mesmo período.

Como o cenário é de instabilidade, é difícil prever como o cenário vai se comportar até o final do ano, mas o esperado é que o crescimento se mantenha.

2 → De alimentos a produtos pet: a quebra de barreiras proporcionada pelo delivery

Quando falamos em delivery, é comum associá-lo apenas ao setor de alimentação, mas ele não é o único que se beneficia com o serviço.

Durante a pandemia, vimos crescer o número de supermercados, farmácias e até mesmo pet shops que passaram a oferecer o serviço devido às restrições impostas pelo isolamento social. Assim, a pandemia acabou acelerando um processo de adesão ao delivery que já estava acontecendo.

O delivery é um dos meios mais eficazes de quebrar barreiras geográficas. Através dele, o seu negócio não fica limitado ao entorno, podendo atrair públicos que normalmente não chegaram até você.

Outro benefício observado tanto nos grandes centros quanto em muitas cidades de interior é a economia de tempo. O produto que o consumidor deseja chega até ele sem que ele precise se deslocar ou enfrentar inconvenientes como pegar filas ou buscar vagas de estacionamento.

Crescimento dos aplicativos de delivery - Delivery Much Blog

3 → Por que aderir a um app de delivery é essencial para qualquer negócio?

O serviço de delivery já foi um diferencial, mas hoje já é possível afirmar que ele é o mínimo esperado de muitos estabelecimentos.

Os consumidores já estão habituados a esse tipo de serviço, que combina com um estilo de vida mais corrido. Assim, toda solução que ofereça praticidade e comodidade é muito bem-vinda.

Além disso, como já falamos acima, a quebra da barreira geográfica é um dos principais motivos que levam os negócios a investirem no delivery. Os aplicativos funcionam como uma vitrine para o seu negócio, e possibilitam que ele chegue até consumidores que, inicialmente, não estavam procurando por ele.

Por fim, aderir a um app de delivery se tornou ainda mais imprescindível no momento atual. Mesmo após a passagem da pandemia, é muito provável que os consumidores ainda tenham receio de voltarem a frequentar os estabelecimentos físicos de imediato. Por mais os brasileiros gostem do convívio social, é provável que essa retomada seja lenta e gradativa.

Leia também:

One thought to “Crescimento dos aplicativos de delivery”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *