Aplicativos de delivery como tirar o melhor proveito para seu negócio

Aplicativos de delivery: como tirar o melhor proveito para seu negócio

O conceito de entregar comida em casa já não é novidade para ninguém. Mas você sabe como funciona um app de delivery?


Devido à pandemia do coronavírus, muitos empreendedores do setor de alimentação encontraram no delivery online uma alternativa para continuarem suas operações.

Os aplicativos de delivery são uma ótima opção para quem nunca trabalhou com esse modelo de receita. A solução tem cada vez mais usuários adeptos. Mas aí surge a dúvida: como funciona um app de delivery?

Para que você entenda como o seu estabelecimento pode tirar o melhor proveito deste tipo de serviço, separamos abaixo os tópicos mais relevantes sobre o assunto. Confira:


MENU DE NAVEGAÇÃO
1. Aplicativos de delivery: o que são?
2. Como funciona um app de delivery
3. Por que aderir a um app
4. Como tirar melhor proveito de um app


1. Aplicativos de delivery: o que são? 

Imagine a praça de alimentação de um shopping. Em um mesmo lugar, você encontra restaurantes, lancherias, fastfoods e estabelecimentos com a mais variada culinária.

No local, além de pedir no seu restaurante favorito, você também tem a oportunidade de conhecer novas opções. Tudo o que você precisa é olhar em volta e fazer a sua escolha do dia. É exatamente assim que funcionam os apps de delivery, com a diferença de que a praça de alimentação está na sua mão.

Todos os estabelecimentos que se cadastram nessa plataforma de marketplace passam a ter os usuários do app como possíveis clientes. Para os usuários é a oportunidade de conhecer novas oportunidades e sabores.

Em resumo:

  • para negócios: os apps de delivery são uma nova oportunidade de renda;
  • para clientes: praticidade e o conforto de pedir refeições, ou qualquer outro produto cadastrado no app, sem sair de casa.

2. Como funciona um app de delivery 

Para os usuários, como explicamos acima, o app de delivery funciona como um shopping virtual. Através dele, é possível fazer o pedido, realizar o pagamento e acompanhar todo o processo de entrega em tempo real.

Para os negócios, há três grandes vantagens em estar em um app de delivery:

1 – Sistema de gestão: nele o gestor tem acesso aos pedidos, ficando mais fácil organizar a produção e ter dados para tomar decisões de venda.

2 – Sistema de rastreio: muitos apps permitem ao gestor do negócio acompanhar, assim como o usuário, o caminho que o produto leva do estabelecimento ao cleinte.

3 – Não se preocupar com entregas: muitos dos apps possuem sistema full service, isto é, fazem a captação do pedido e a entrega. Isso permite aos lojistas maior tranquilidade, pois precisam se preocupar apenas em produzir e organizar os produtos para a entrega.

Quanto custa um aplicativo de delivery

Ao aderir a um app de delivery, as lojas devem pagar uma taxa que varia de aplicativo para aplicativo. Em geral, esse valor varia entre 10% e 15% para apps de marketplace (captação de pedido) e entre 25% e 30% para apps full service.

Os valores pagos servem para manter o app e os servições prestados por eles aos negócios. Embora alguns empresários possam entender que 30% é um custo alto, é preciso considerar que:

  • Representam uma nova oportunidade de renda para os restaurantes.
  • Os clientes já estão habituados com o formato, e buscam a comodidade e a segurança que só o delivery pode oferecer.
  • O restaurante usufrui de marketing gratuito dentro do app, uma vez que ele funciona como uma vitrine para todos os estabelecimentos cadastrados.
  • O app de delivery permite que o estabelecimento expanda sua região de atendimento além do seu entorno, o que impulsiona a conquista de novos clientes. 

Veja um passo a passo resumido de como funciona uma app full service na prática:

1 → O usuário faz o pedido no aplicativo de delivery;

2 → A loja recebe o pedido na plataforma de gerenciamento dos pedidos;

3 → A loja aceita o pedido e o coloca em produção;

4 → No gerenciador, a loja seta o tempo de produção do pedido (por exemplo 15 min).

5 → Automaticamente, o sistema encontra o entregador parceiro mais próximo.

6 → O entregador selecionado aceita o pedido e vai até a loja para fazer a coleta.

7 → O entregador coleta o pedido e o entrega ao usuário.

ps.: os aplicativos de delivery apenas de marketplace vão até a etapa 5.

3. Por que aderir a um app

No Brasil, 64% da população tem acesso à internet e, desse total, quase 95% acessam a rede pelo celular. Nesse contexto, conectar-se ao universo digital não é um diferencial, mas sim um pré-requisito de quem deseja se manter no mercado nos próximos anos. A pandemia de coronavírus deixou isso bem claro.

Negócios que resistiram à migração para o online estão sofrendo muito mais com os efeitos da crise, enquanto muitos daqueles que buscaram se adaptar estão conseguindo enxergar as vantagens do modelo.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, durante o período de isolamento 25% dos entrevistados passaram a consumir mais refeições por delivery. Outros 10% que não utilizavam o serviço, aderiram à solução. Ainda de acordo com o estudo, 49% afirmaram que aumentarão a compra por apps depois da quarentena. 

E se você tem a clássica dúvida entre aderir a um app ou construir um próprio, confira a opinião de Sérgio Molinari sobre o tema:

4. Como tirar melhor proveito de um app

Agora que você já sabe como o app de delivery funciona e quais são as vantagens de cadastrar o seu restaurante na plataforma, confira algumas dicas práticas para tirar o melhor proveito do app:

Invista nas fotos

Se no seu negócio você capricha na apresentação dos produtos para encantar os clientes, no app não deve ser diferente. Pense que você não estará ao lado do usuário no momento da compra para convencê-lo de que as suas opções são as melhores. Uma foto realista e bem produzida vai despertar o interesse e atuar como fator decisivo para a compra.

Faça uma descrição completa dos produtos

Assim como as fotos, a descrição dos produtos também é um fator importante para todo tipo de compra feita online. Logo, tenha descrições completas em todos os produtos que oferecer pelo app. Quanto mais você antecipar as dúvidas dos usuários, mais você facilitará a decisão de compra deles.

Faça promoções exclusivas

Uma promoção planejada de forma estratégica é sempre uma boa pedida para atrair clientes e prestigiar aqueles que sempre compram de você. Pense nas suas ações promocionais além do período de isolamento.

Invista em atrair usuários que já estão na plataforma de delivery para o seu restaurante e também em oferecer a solução como uma alternativa para os clientes que já consomem no balcão.

Segundo Nyeur Padilha, coordenador de CS da Delivery Much, o aplicativo de delivery ajuda a fortalecer vendas em dias que você não vende tanto.

“O app possibilita ao negócio abranger uma cidade inteira ao invés de ficar limitado ao salão ou aos clientes que já o conhecem.”.

Padilha também destaca a importância de entender o seu próprio negócio e o público consumidor para oferecer opções para ocasiões e públicos diversos.

Formalize o seu negócio

Segundo a Abrasel, 65% dos negócios no setor de alimentação funcionam informalmente. Além de garantir os direitos fiscais e jurídicos da empresa, ter um CNPJ é importante para o modelo de parceria entre empresas que é firmado entre o app de delivery e o estabelecimento.

Para Padilha, o melhor passo é formalizar desde o início, já que é possível quitar o valor tributário logo nas primeiras vendas do mês. 

Prepare o seu restaurante

Além de saber se posicionar na plataforma, também é imprescindível preparar o seu restaurantes para atender as demandas do app.

“O restaurante precisa ter uma estrutura que atenda tanto a parte logística quanto a parte de recebimento de pedidos.”.

Nyeur Padilha, coordenador de CS da Delivery Much

Tenha dispositivos eletrônicos com acesso à internet, treine a sua equipe e adeque o seu espaço físico para o modelo de delivery que o seu restaurante se propõe a entregar.

Entenda que a maior vantagem do delivery é escalabilidade de vendas e, para tirar o melhor proveito, é importante ter uma estrutura adequada e planejamento.

Comece aos poucos, se for preciso, e use da sua experiência e inteligência de negócio para adaptar o seu negócio.

“Quando não há preparo, você pode planejar uma promoção muito legal, ter um ‘boom’ de vendas e acabar não dando conta de realizar todas as entregas. Isso gera uma nota negativa e acaba sendo um tiro no pé do restaurante.”.

Nyeur Padilha, coordenador de CS da Delivery Much

Saiba mais sobre os diferentes tipos de delivery aqui:


Invista no relacionamento com os seus clientes

Com frequência destacamos a importância de investir no diálogo com os seus clientes. As mídias sociais são importantes mediadoras dessa aproximação, então saiba aproveitá-las.

Leve em conta que, quem encontrar o seu negócio através do serviço de delivery, também vai buscar provas sociais que atestem a qualidade do seu produto, e as mídias sociais são o caminho mais natural para isso.

Logo, marcar presença no Google Meu Negócio é outra estratégia que ajuda tanto a posicionar o seu restaurante nas buscas do Google quanto a construir a sua reputação como bom estabelecimento.

E para manter avaliações sempre altas, invista no relacionamento e incentive seus clientes a deixarem suas avaliações. Essas são iniciativas que não tem custo e, sem dúvida, irão impactar diretamente no crescimento do seu restaurante.

Conteúdos complementares

2 thoughts to “Aplicativos de delivery: como tirar o melhor proveito para seu negócio”

  1. Boa Tarde,

    Gostaria de conhecer melhor o mercado de delivery com dados e pesquisas sérias. Referenciadas. De Institutos Públicos Nacionais ou Internacionais. Seria possível? Onde poderia achar tal material?
    Abs,

    André Melo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *