10 dicas práticas para restaurantes superar ao coronavírus

10 dicas práticas para restaurantes superar o coronavírus

5 minutos de leitura

Nas últimas semanas, todos fomos colocados à prova e a forma como trabalhávamos, estudávamos e fazíamos negócios precisou mudar, literalmente, da noite pro dia.

Ninguém imaginava um cenário tão radical, com tantas mudanças e impactos em tão pouco tempo. Porém com o passar do tempo, algumas coisas foram ficando evidentes. 

→ a crise ameaça principalmente o pequeno negócio;

→ há necessidade de inovar e digitalizar o negócio o mais rápido possível;

→ comunicação transparente e a velocidade são essenciais;

→ é preciso repensar a relação empresa x cliente x comunidade

Além destes pontos, muitos outros estão ficando evidentes, mas nem todos de forma prática, por isso, neste conteúdo separamos 10 estratégias que o mercado mundial está aplicando para reduzir os impactos do coronavírus em negócios de alimentação.


MENU DE NAVEGAÇÃO
1 → Velocidade é essencial
2 → Mantenha seu cliente informado
3 → Diversifique seus produtos
4 → Não demita, realoque funcionários
5 → Foco no delivery
6 → Tenha dados sobre tudo
7 → Feche parcerias
8 → Monte uma operação takeaway ou drive thru
9 → Crie promoções para pagamentos antecipados
10 → Divulgue seu delivery muito bem


1 → Velocidade é essencial

Ontem, era o melhor momento para você tomar uma decisão sobre como passar pela crise. Se você não tomou essa atitude, faça-a agora. Em cenários de crise, sejam elas de maior ou menor intensidade, sendo até repetitivo, a velocidade com que você reage é essencial. 

Dito isso, pense em caminhos para as resoluções do problema. É evidente: cada negócio tem sua particularidade, mas focando em restaurantes, pense em: 

Aderir a soluções de delivery (se não há uma na sua cidade pense em alternativas, como o Instagram, por exemplo)

→ Manter suas redes sociais ativas 

→ Criar um canal de comunicação digital com seus clientes (pode ser o próprio whatsapp)

→ Renegociar dívidas

→ Buscar soluções com parceiros (fornecedores, bancos, outros restaurantes)

Estes são apenas 5 soluções que você pode aplicar no seu restaurante de forma rápida e, ainda, pela internet.

2 → Mantenha seu cliente informado 

Todos estão assustados. Há uma razão para isso, a pandemia cresce dia a dia e não há informações definitivas sobre ela. Descobertas ainda estão em processo.

Para você ter ideia, nas últimas semanas a pergunta: “é seguro pedir delivery” vem subindo cada vez mais no Google. Logo, a melhor forma para você garantir que seu cliente confie em você é comunicar tudo o que você está fazendo. 

→ atualize seus clientes sobre seus horários de funcionamento 

→ atualize constantemente sua base sobre as ações de higienização

→ mostre como seus alimentos são preparados com segurança

→ distribua álcool em gel para os entregadores e comunique seus clientes disso

→ informe seus clientes sobre as formas de pagamento online

→ faça entregas sem contato físico

3 →  Diversifique seus produtos 

Encontre formas criativas de contornar o problema. Por exemplo, se você tem uma pizzaria, faça combos de pizzas congeladas, ofereça a seus clientes a experiência de montar uma pizza em casa, disponibilizando as massas e os ingredientes. Use a criatividade com o que você tem em mãos.

Nos EUA, por exemplo, alguns restaurantes se transformaram em minimercados, vendendo via delivery produtos enlatados, frutas e verduras. 

4 → Não demita, realoque seus funcionários

Há um movimento do Brasil, assinado por várias empresas, que busca evitar a demissões. O manifesto aponta não apenas para a responsabilidade social, mas também para o retorno das atividades pós-crise, pois uma empresa sem pessoas não irá sobreviver. 

Então, aqui também é necessário buscar soluções criativas. Uma vez que seu foco deve estar no delivery, você pode, por exemplo, expandir sua janela de atendimento e, ao invés de atender só no almoço, também disponibilizar jantar. 

Outra ideia, como explica um sócio do Moocacho, em Florianópolis, é mudar a função de um ou outro funcionário, em comum acordo. No caso deles, a empresa nunca teve motoboy próprio, porém durante o lockdown, um funcionário que já havia trabalhado na função antigamente, assumiu o papel temporariamente.  

5 → Foco no delivery

Se até então você atendia salão e delivery, agora seu foco deve ser 100% no delivery e no digital. Então, além de expandir seus horários para atender ao delivery, busque expandir seus canais.

Procure na sua equipe aquele funcionário que tem mais conhecimento sobre redes sociais, aptidão para fazer boas fotos e transforme seu estabelecimento em um restaurante digital. 

Lembre-se cada estratégia descrita aqui é complementar.

6 → Tenha dados sobre tudo

Se antes da crise ter dados era essencial para evitar desperdício, agora eles podem salvar seu negócio. Então, procure mensurar quais são os produtos mais vendidos e em quais horários. 

Com estes dados em mãos é possível construir promoções, aumentar a produção deste ou daquele produto e negociar preços mais atrativos com seus fornecedores. Eles também passam pelo mesmo problema. 

7 → Feche parcerias 

O que vai bem com o seu produto? Pense em soluções com outros restaurantes e fornecedores. O jeito mais fácil de contornar essa crise é a criatividade e a união. Além disso, busque conhecer e associa-se a entidades de classe, como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Em geral, estas instituições possuem soluções para te ajudar ou te aconselhar em momentos de crise. 

8 →  Monte uma operação de drive thru (takeaway)

Ofereça a seus clientes a opção de retirar no local. O pedido pode ser feito online ou pessoalmente, respeitando as orientações de distanciamento, e o cliente retira no local. 

Mas lembre-se de dar atenção para este formato, se o cliente irá passar retirar, tenha uma estratégia pronta para uma entrega rápida e eficaz. Uma sugestão é deixar um funcionário, com todos os EPIs (máscaras, luvas e jaleco se possível), para fazer esta função. Lembrando que as máscaras devem ser trocadas a cada 3 horas. 

9 → Crie promoções para pagamentos antecipados

Muitos estabelecimentos encontram dificuldades em encaixar todos os seus produtos como delivery. Se esse é o seu caso, pense em vouchers para pagamento antecipado, dando desconto ou benefícios ao cliente. 

Há também a possibilidade de participar do movimento #apoieumrestaurante. E se você é bar, a Heineken tem a campanha Brinde do Bem, que pode ser uma saída.

Para emitir os vouchers você pode usar plataformas como a Abacashi.

10 → Divulgue seu delivery muito bem

Comunique em todos seus canais que você está atendendo via delivery. Busque formas criativas de comunicar seus clientes. Você pode enviar promoções via e-mail, listas de transmissão no whatsapp, enfim: utilize seus canais para mostrar que você está atendendo e como está fazendo isso. 

Lembre também de estar em mais de uma ferramenta de delivery ao mesmo tempo e se possível encontre soluções com taxas menores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *