importancia-do-delivery-pequenos-negocios

A importância do delivery para pequenos negócios

O delivery para pequenas empresas representa uma chance de chegar, de forma mais rápida e segura, a mais clientes e manter as operações durante a pandemia.


Completamos um ano de pandemia no Brasil. Ao longo desses meses, precisamos nos adaptar a uma rotina nova e cheia de restrições.

Já fizemos um diagnóstico do delivery no Brasil e sobre como a pandemia influenciou na expansão da solução pelo país. Os serviços de entrega foram uma peça-chave para que muitas lojas não precisassem encerrar definitivamente suas atividades conforme as medidas restritivas de funcionamento foram avançando.

Negócios de todos os tamanhos se beneficiam da solução, mas é preciso dar destaque para os pequenos negócios. Confira neste artigo qual é a importância do delivery para esse tipo de negócio, como implantar a solução e 6 dicas de como ganhar dinheiro com ela.


MENU DE NAVEGAÇÃO

1 – Qual a importância do delivery para pequenos negócios

2 – Como implantar delivery no seu negócio

3 – 6 dicas de como ganhar dinheiro com delivery


1 – Qual a importância do delivery para pequenos negócios

Os pequenos negócios constituem a maioria no nosso país e são os que mais sofrem com a crise. Por isso, é importante destacar a importância de investir em soluções que ajudem a impulsionar suas vendas.

O delivery precisa ser visto como algo além de uma solução logística: ele também proporciona uma experiência diferente para o cliente. É o que destaca Maiko Palharini, fundador do Espetiño, um dos mais famosos espetinhos de Santa Maria, RS, e parceiro da Delivery Much.

“Eu entendi que o meu cliente muitas vezes não quer ter a experiência do meu local, mas ele quer sentir o sabor da minha comida. E isso eu consigo proporcionar através da Delivery Much”, explica Maiko. 

O delivery também funciona como uma vitrine para o estabelecimento. Quando o cliente acessa, ele consegue encontrar diversos estabelecimentos em um só lugar, como se estivesse em um shopping.

Para os pequenos negócios, que nem sempre conseguem investir altas quantias em marketing, acaba sendo uma poderosa ferramenta para conquistar novos clientes sem se limitar às barreiras geográficas.

Nesse sentido, Maiko comenta sobre a importância de explorar o potencial do delivery para além de um canal de vendas.

“Hoje entendemos o delivery além de um canal de venda, mas como um canal de aquisição de novos clientes. Temos várias experiências nesse sentido, de clientes que nos conheceram pelo delivery e se tornaram fiéis”.

Segundo Maiko, saber trabalhar o cliente é essencial para fazer com que ele volte a consumir no delivery ou até mesmo conhecer a loja física.

2 – Como implantar delivery no seu negócio

Antes de investir no delivery, você precisa definir bem como será a sua operação:

  • Você vai focar apenas no delivery ou
  • Terá o delivery e manterá as atividades de salão?

Ainda que, durante a pandemia, as atividades presenciais estejam suspensas em vários lugares, é importante já estar preparado para quando o atendimento voltar ao normal. Essas duas frentes exigem uma logística diferente e precisam estar bem alinhadas com a equipe para que todas as entregas possam ser feitas sem que isso influencie na qualidade final.

Essa era uma das principais preocupações do Rodrigo Chálabi, da Tenda Chálabi. O negócio mantém 5 estrelas tanto no app da Delivery Much quanto nas indicações do Google, e temia que o delivery acabasse custando a boa reputação:

“(O medo de prejudicar a qualidade dos produtos) era a barreira que faltava romper para encarar esse novo mundo do delivery. Até então a gente sabia como funcionava, éramos clientes de outros estabelecimentos, mas não tínhamos coragem de arriscar.”, relata Rodrigo.

Ele destaca os 3 principais pilares que, na sua visão, exigem uma atenção especial quando um delivery é implantado:

  1. Preparo – é preciso garantir o padrão de qualidade.
  2. Transporte e embalagem correta – a embalagem escolhida mantém a temperatura e não balançar muito a ponto de atrapalhar a aparência do produto?
  3. Tempo de entrega – é preciso garantir que não haja demora e que o tempo prometido seja cumprido.

“Eu acho que o principal fator é o comprometimento da qualidade que você entrega para o seu cliente em todos os processos. No preparo, na forma que você vai transportar, na embalagem que você vai utilizar. A sua equipe tem que estar muito engajada em entregar o melhor serviço para que o cliente tenha praticamente a mesma experiência em casa que ele teria comendo no restaurante.”, completa Rodrigo.

3 – 6 dicas de como ganhar dinheiro com delivery

O delivery é só para restaurantes? A pandemia provou que não! Supermercados, petshops e farmácias tiveram uma adesão importante às plataformas de delivery. Segundo um levantamento realizado pelo Farmácias APP, a solução de entrega representou 81% dos pedidos de todo o ano passado.

Em outras palavras, a conveniência virou necessidade.

Mas como fazer para aumentar a receita do seu negócio através do delivery? Confira 6 dicas que preparamos para você:

Busque um delivery bem consolidado no mercado

O que não faltou em 2020 foi o surgimento de novas plataformas de delivery. Com isso, muitos empreendedores ficam na dúvida: qual plataforma escolher? Quando falamos em pequenos negócios, que podem ter mais resistência de aderir à digitalização, essa escolha precisa ser estratégica.

Para quem quer crescer sem riscos, é fundamental contratar plataformas consolidadas no mercado e, sempre que possível, buscar o depoimento de empreendedores que vendem por essas plataformas. A relação de parceria entre negócio e delivery também faz toda a diferença.

Invista em parcerias com outros negócios

Ter parcerias com duração de longo prazo ou para ações pontuais é sempre um investimento a se considerar. Em um momento em que a economia como um todo está fragilizada, essa pode ser uma saída para que os negócios possam se apoiar e consigam chegar até um número maior de clientes.

Também é uma estratégia interessante para unir negócios de segmentos diferentes, mas que compartilhem dos mesmos objetivos e valores.

Esteja por dentro das tendências do seu setor

As tendências de consumo estão diretamente ligadas às mudanças de comportamento dos consumidores e de eventos que enfrentamos como sociedade (como é o caso da pandemia). Por isso, procure conhecer o que está em alta no seu setor e veja como o seu negócio pode se adaptar (mas sem mudar completamente para investir em negócios “da moda”).

Entenda a necessidade dos seus clientes

Assim como no item anterior, aqui também é importante estar atento às demandas atuais dos clientes. Antes da pandemia, por exemplo, comprar um remédio ou um brinquedo para pets não era uma necessidade de delivery, mas passou a ser a partir do momento em que os negócios suspenderam o atendimento aos clientes. Saiba identificar essas necessidades e saia na frente da concorrência.

Invista em estratégias para atrair clientes

São inúmeras as possibilidades de atração de clientes para o delivery. Investir em combos, promoções, programas de fidelidade, cupons de desconto e entrega grátis são apenas algumas delas. Veja o que mais faz sentido para o seu negócio, verifique a viabilidade de implantar essas ações no seu negócio e meça os resultados para entender delas atraem mais clientes qualificados.

Divulgue para os seus clientes que você trabalha com delivery 

Por fim, um ponto que muitos negócios simplesmente ignoram: a divulgação do serviço. Se o delivery é uma novidade para o seu negócio, não caia no erro de deduzir que os seus clientes já sabem disso. Planeje estratégias de divulgação nas mídias sociais do seu negócio, entre em contato com quem já era cliente no salão e não deixe de pensar em ações para incentivar a primeira compra.


Leitura complementar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *