Setor de delivery online - Delivery Much

3 motivos para empreender no setor de delivery online

É constante a busca por setores da economia que tenham boas perspectivas para o futuro. Para quem empreende, isso é fundamental, uma vez que áreas em forte expansão costumam ter excelentes oportunidades de crescimento e lucratividade. Por isso, hoje vamos mostrar um pouco dos números do setor de delivery! 

O setor de delivery só cresceu nos últimos anos

Segundo um estudo completo do mercado de foodservice no Brasil, feito pela IFB, os gastos do consumidor brasileiro com alimentação fora do lar vêm crescendo de forma consistente desde 2011. Em média, o aumento tem sido de 5% a 8% a cada ano que passa, sendo que para 2020, a projeção era que este mercado transacionasse quase 230 bilhões de reais.

Dentro desse cenário, o setor de delivery foi além, superando o crescimento do mercado de foodservice como um todo. Num comparativo entre 2018 e 2019, a procura por serviços de delivery foi 23% maior, crescimento este que se destaca inclusive perante as demais modalidades, como consumo para viagem, com crescimento de 9% e consumo via drive thru, com crescimento de apenas 5%. Sozinho, o setor de delivery foi responsável pela movimentação de mais de R$ 17 bilhões de reais.

Além disso, a migração para serviços online é inegável. O tráfego do delivery digital quase triplicou em 6 anos, passando de pouco mais de 1 bilhão de pedidos online (via internet, aplicativos mobile e mensagens de texto) para mais de 3,2 milhões em 2019.

Esses dados demonstram a força que o setor de delivery online adquiriu nos últimos anos e por que você deve considerar essa área da economia para investir e empreender.

O delivery se tornou essencial neste novo normal

Com o desenrolar de um cenário de isolamento social, causado pelo novo coronavírus, que começou em 2020 e perdura ainda durante este ano de 2021, o serviço de entrega de comidas em geral, deixou de ser apenas uma tendência, uma comodidade, para se tornar uma necessidade básica, conforme reportagem da NSC.

Para os clientes, o serviço de delivery online é a possibilidade de continuar consumindo, sem necessariamente se expor às aglomerações e poder receber suas compras no conforto e na segurança de suas casas.

Já para empreendedores, que têm lutado muito para contornar os diversos decretos de fechamento do comércio e a crise econômica, este serviço se tornou uma saída estratégica para seguir vendendo, atendendo seu público e captando novos clientes, em um cenário tão desafiador.

Na Delivery Much, por exemplo, entre 2019 e 2020 tivemos um salto de crescimento em todos os aspectos. Aumentaram desde os usuários na plataforma (+69%), lojistas cadastrados no nosso app (+88%) e GMV (valor total transacionado na plataforma +117%). 

Além disso, setores que não costumavam ver o delivery como uma alternativa de lucratividade, como o de supermercados, farmácias e petshops, por exemplo, estão aderindo às vantagens de oferecer essa comodidade aos seus clientes também. Só no setor de supermercados, aqui na Delivery Much, o aumento foi de mais de 950% no número de pedidos, entre 2019 e 2020.

Estes são apenas alguns dos dados que comprovam o enorme potencial do setor de delivery online e sua característica de ter se tornado uma necessidade básica neste “novo normal”.

O futuro do delivery é ainda mais promissor

Enquanto combatemos a pandemia, que continua causando lockdowns pelo mundo, a digitalização se acelera e o setor de delivery online segue tendo um campo fértil para o crescimento, por ser uma solução cada vez mais desejada e necessária por clientes e lojistas, conforme alguns dados que trazemos a seguir.

Segundo uma pesquisa do Digital Market Outlook, os usuários de aplicativos de delivery online devem chegar a quase 30 milhões de usuários no Brasil, ainda em 2024.

Já em outra pesquisa, da empresa Statista, sobre a utilização de plataformas de delivery por usuários no Brasil, a mesma aponta que a penetração do delivery será de 9,4% em 2021 e que, até o ano de 2024, chegará a 11,7%, o que demonstra um crescimento contínuo e, ao mesmo tempo, enaltece o quão baixa ainda é a penetração deste serviço no Brasil, tornando-o uma excelente oportunidade de negócio. Além disso, a previsão é de que a receita anual do setor cresça cerca de 8,88% até o ano de 2024. 

Já uma reportagem da Meio & Mensagem aponta que o setor é promissor para o período do pós-pandemia. Segundo pesquisa realizada pela Galunion e Qualibest, mais de 21% das pessoas pretendem gastar ainda mais dinheiro com esse canal de vendas após a pandemia passar.

Enfim, o setor de delivery se provou ser forte e resiliente, além de ser a solução adotada por empreendedores e usuários para contornar a crise atual que enfrentamos, ajudando comerciantes a venderem e conquistarem novos clientes através do universo de pedidos digitais.

E para empreender com o setor de delivery online com a Delivery Much você pode se tornar um franqueado, levando a nossa solução de delivery online para a sua cidade e lucrar com os pedidos feitos pelo aplicativo e, para os donos de restaurantes, por exemplo, você também pode se tornar um lojista parceiro da DM na sua cidade. Para isso, basta se cadastrar em nossa plataforma para expor seu cardápio em nosso marketplace digital, conquistar novos clientes e vender mais, através deste novo canal.


Gostou do conteúdo? Leia mais: 

O crescimento nas buscas por delivery de mercado >>

Franquias promissoras 2021: Delivery Much busca parceiros no interior do Brasil >>

Mercado de delivery: Mudanças de hábitos em 2020 e tendências futuras >>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *