erros-no-empreendedorismo

Evite estes 4 erros de gestão de negócios para ter sucesso como empreendedor!

Está começando a comandar um empreendimento, mas sente que as coisas não estão indo bem? Ou, então, recém decidiu abrir um negócio próprio e percebeu que ser empresário exige uma série cuidados?

Se você vem convivendo com questões como essas, definitivamente chegou ao post certo. Vamos conversar sobre os erros de gestão de negócios que você deve fugir para ser dono de uma empresa bem-sucedida.

Já batemos muito nesta tecla aqui no blog da Delivery Much, mas é sempre bom lembrar: para entrar no empreendedorismo, não basta apenas uma boa ideia. Apesar de ela ser a origem de tudo, o que vai tornar as ações possíveis é o modo como você conduzirá a jornada.

E um dos passos que mais precisa de atenção é o gerenciamento. Administrar uma empresa não é algo simples. Se esse controle não for definido e não houverem metas realistas a cumprir, facilmente as operações perderão o gás, forçando que você feche as portas.

Como sabemos que esse é um assunto complicado, resolvemos criar este conteúdo especial para facilitar a sua caminhada. Vamos comentar sobre 4 erros de gestão de negócios que devem ficar bem longe da sua empresa!

 

  1. Empreender sem capacitação  

Digamos que você trabalhou por anos como assessor contábil de uma grande empresa e, agora, sem perspectivas de crescer nesse ambiente, resolveu usar a sua experiência para oferecer serviços de consultoria financeira. Uma boa ideia, com certeza! Reconhecer os seus pontos fortes e aproveitá-los para criar negócios é um passo importante.

Porém, ter expertise em uma área de atuação está longe de ser tudo. Abrir uma empresa exige conhecimentos de administração financeira e operacional, de marketing corporativo e pessoal e de relacionamento, por exemplo.

Tais habilidades servem de base para criar uma espécie de pacote. Ou seja, agregando todos esses pontos, você transforma a sua ideia em uma estrutura palpável, em algo que seja atrativo e direcionado a um grupo específico de pessoas que busca uma determinada solução.

E como ninguém nasce sabendo, é papel do empreendedor se preparar para as demandas da empresa. Hoje, existem vários cursos voltados para novos empreendimentos, tanto presenciais quanto a distância. Escolha a modalidade adequada ao seu tempo e aos seus objetivos e nem pense em pular essa etapa. Conhecimento é essencial para ter sucesso como empreendedor!

 

  1. Não priorizar a organização financeira

Dinheiro é bem importante para manter qualquer instituição, pois esse recurso é o que garante a continuidade das atividades e o pagamento justo pelo trabalho de todas as pessoas envolvidas, inclusive o empreendedor.

E quando falamos de empreendimentos comerciais, isso é ainda mais evidente, já que o objetivo é, além de oferecer um bom produto ou serviço, também conquistar reconhecimento e espaço no mercado.

Logo, a ordenação das contas é um dos pilares da gestão de negócios. Controlar as movimentações financeiras, verificando todas as entradas e saídas, os investimentos feitos e as despesas de operação é um cuidado básico. Esse monitoramento permitirá que o seu fluxo de caixa se mantenha no azul, evitando endividamentos e falência.

Uma solução interessante para isso é usar um software de gerenciamento. Esse tipo de tecnologia permite otimizar as rotinas, inclusive as da parte financeira, automatizando tarefas e prevenindo falhas e retrabalho.

 

  1. Desviar investimentos de marketing e divulgação

Este velho ditado resume a ideia que você precisa gravar aqui: “quem não é visto não é lembrado”. Empreender sem um plano para a publicidade do negócio é bem ruim e pode fazer com que todo o esforço não seja recompensado.

Comunicar-se com as pessoas, especialmente os potenciais consumidores e investidores, é sempre importante, principalmente no começo de tudo, quando você precisa de visibilidade e deseja formar um público que movimente o seu negócio.

Um erro bastante comum em diversos empreendimentos é ignorar essa parte importante e cortar totalmente as verbas destinadas ao setor. Se o orçamento estiver curto, o correto não é simplesmente parar de divulgar a empresa, mas, sim, buscar meios mais acessíveis e, ao mesmo tempo, eficazes de ter resultado, como o marketing digital.

 

  1. Ficar na zona de conforto

Empreendedorismo e inovação são duas coisas que andam juntas, e as empresas que trabalham com base nesse arranjo, geralmente, são bem-sucedidas.

Ter uma gestão inovadora oportuniza o crescimento saudável do negócio, pois essa característica oferece valor aos clientes, cria fluxo de novidades, move tendências e estimula empreendedores e funcionários.

Além disso, em um cenário empresarial criativo como o brasileiro, quem deixa de se renovar tende a perder espaço. Portanto, mexa-se! Ter a mente aberta e ser flexível é essencial para se adaptar às mudanças e seguir firme no seu propósito empreendedor.

Agora que você já conhece os erros de gestão de negócios que deve evitar para ter sucesso, leia o nosso post sobre as principais características empreendedoras e descubra em que pontos você precisa trabalhar mais!