Skip to main content
os desafios de empreender

Conheça as oportunidades e os desafios de empreender no Brasil

5 (100%) 8 votes

Empreender é uma atividade necessária, mas quais são os desafios de empreender em cidades pequenas? Descubra quais são e como contorná-las neste artigo!

A presença do empreendedorismo no Brasil é cada vez mais significativa. Mesmo que a educação empreendedora, focada em gestão, planejamento e inovação, ainda não seja uma cultura forte no país, além da burocracia, micro e pequenos empreendedores abrem seus negócios anualmente. Inclusive, em 2018, a base de cadastros de Microempreendedor Individual (MEI) apresentou 40% de crescimento.

Além de questões pessoais que motivam o surgimento de empresas, o contexto atual influencia muito na decisão de todo empreendedor. O cenário econômico instável e as altas taxas de desemprego são alguns fatores que pesam na decisão de muitas pessoas.

 

os desafios de empreender

 

Porém, o que nem sempre é claro para o empreendedor iniciante é o quanto a trajetória de um novo negócio pode ser complexa. Ser o próprio chefe, construir seu negócio e ter autonomia e estabilidade financeira são todas questões que exigem comprometimento e disciplina para serem alcançadas. E há vários outros desafios que dificultam o controle do empreendimento.

Você está nessa fase? Quer entender melhor como se preparar? Vamos trazer, neste texto, alguns dos mais comuns e maiores desafios de empreender. Acompanhe nos tópicos:

 

1 – Largar o antigo trabalho
2 – Formalizar o negócio
3 – Identificar o momento e o perfil do empreendedor
4 – Captar Clientes

 

Largar o antigo trabalho

Se você decidiu sair do emprego de vez para começar um negócio, possivelmente tenha medo de perder o suporte de uma empresa e também os benefícios trabalhistas e salariais. Mas não deixe que essas incertezas se tornem obstáculos. Segundo o coordenador de Empreendedorismo do Insper, Thiago de Carvalho, disse à revista Exame, “Mais do que risco e medo, as pessoas ficam comparando o que elas têm hoje e esperando a grande ideia”.

Então, para ultrapassar o desafio, é importante, antes de pedir demissão, estudar as possibilidades, analisar o mercado e buscar identificar oportunidades prósperas para mudar a sua situação.

Além disso, procurar por capacitações e consultorias (como a de um coach de empreendedorismo, por exemplo) é bem interessante, pois a orientação de pessoas experientes pode influenciar positivamente as suas decisões.

 

dicas de negócios lucrativos em cidades pesquenas

 

Formalizar o negócio

É comum que as empresas comecem a suas atividades de maneira informal. O processo mais natural é que o empreendedor pense em uma ideia e tente desenvolver um produto ou serviço que possa trazer algum retorno. Geralmente, a abertura de fato acaba sendo uma consequência de alguns testes e de uma primeira divulgação boca a boca.

Se a ideia ganhar fôlego, formalizar o negócio se torna indispensável. São vários os benefícios garantidos com essa atitude, como acesso a programas públicos de incentivo, facilidade para solicitar empréstimos e financiamentos, reconhecimento de consumidores e instituições financeiras.

Porém, um dos grandes desafios de empreender é justamente saber identificar o enquadramento jurídico adequado e as documentações necessárias para legalizar as atividades da empresa.

O suporte de profissionais de advocacia e contabilidade é bem interessante para driblar qualquer impasse. Outra referência importante é o SEBRAE: os escritórios da entidade são focados em fomentar o empreendedorismo e têm profissionais capacitados para orientar novos empreendimentos.

 

Identificar o momento do projeto e o perfil empreendedor

Existem questões relacionadas à fase do negócio e ao estilo de empreender que precisam ser bem evidentes para o empresário. Porém, elas nem sempre são fáceis de reconhecer. Alguns exemplos são:

a hora de sair do planejamento e lançar definitivamente um produto;
a construção do argumento de venda perfeito;
o próprio mindset (ou seja, o modo como você se posiciona perante o negócio);
a necessidade de pivotar uma ideia que não está dando certo.

Para resolver esses pontos, estudar sobre empreendedorismo é importante, mas não é o suficiente. É necessário aliar o conhecimento teórico ao prático. Buscar mentores, construir uma rede de contatos e fazer MVP (Produto Mínimo Viável) e pesquisa de mercado são atitudes recomendadas para melhorar a tomada de decisão.

Por fim, você também precisará construir uma clientela. É justamente sobre isso que vamos falar no último tópico do post, logo abaixo.

 

Captar clientes

Para que um empreendimento ganhe força, ele precisa de um público disposto, que acredita na ideia a ponto de se engajar na aquisição de produtos ou serviços. E essa conquista de clientes é bem difícil nos primeiros dias de uma empresa.

Nessa hora, uma das principais questões que o empreendedor deve pensar é: “quem não é visto não é lembrado”. Mesmo que a ideia seja muito boa, ela só terá resultado quando fizer diferença para as pessoas. Então, é preciso quebrar o receio e a timidez e investir em relacionamento. Empreendedores de alto impacto são exímios comunicadores.

Para começar, investir na estratégia boca a boca é indispensável. Converse com amigos, familiares, colegas, possíveis investidores e empreendedores. Mostre os diferenciais do seu negócio, leve seu projeto para eventos, tenha coragem de apresentar o empreendimento.

A partir desses encontros, você terá informações e mais entendimento para desenvolver uma persona ideal para seu produto ou serviço e, assim, conseguirá organizar estratégias de captação de clientes. Após as primeiras vendas, você terá parâmetros para conquistar novos consumidores e movimentar o negócio.

Além de todos esses desafios de empreender, um ponto que dificulta a vida de muitos empresários é a noção de que podem fazer tudo sozinhos. Como vimos nos exemplos deste post, contar com pessoas é fundamental para superar desafios.

Falando nisso, que tal agora saber como melhorar os relacionamentos internos? Leia já o post “Como fazer gestão de pessoas em pequenas empresas? Veja 3 dicas para se sair bem?

E se você quer começar a empreender agora, com segurança e apoio de uma franqueadora, conheça mais sobre a Delivery Much:

 

Empreender no interior