Como calcular a taxa de entrega (delivery)

Como calcular a taxa de entrega do delivery

Neste conteúdo você vai entender quais são os fatores que implicam no custo final da taxa de entrega do delivery


Uma das principais dúvidas que lojistas têm ao iniciar um serviço de delivery é sobre o valor da taxa de entrega. Além dela impactar diretamente no valor final do produto, o que pode ser uma barreira de vendas, o cálculo da taxa é, de acordo com Patrick Gabbi, coordenador de logística da Delivery Much, um dos fatores competitivos mais importantes do mercado de delivery.


MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → Quais são os custos da entrega

2 → Como funcionam as taxas de entrega dos apps de delivery

3 → Pessoa entregadora própria ou terceirizada, qual escolher

4 → Entrega grátis como diferencial competitivo


1 → Quais são os custos da entrega

Gabbi explica que toda a movimentação de um produto desde a sua origem (Restaurante, farmácia, mercado, Pet Shop e etc) até a casa do cliente deve ser considerada no custo final.

Atualmente os fatores que mais impactam no valor das taxas de entrega são: 

  1. Remuneração da pessoa entregadora
  2. Modal utilizado (Moto, Bike, Carro, Caminhão, ou a pé); 
  3. Distância percorrida pelo entregador entre os pontos de coleta e pontos de entrega;
  4. Custo do combustível e 
  5. Custo de manutenção do veículo (Seguro, Lubrificantes; Pneus, etc). 

Em algumas situações com alta demanda de pedidos e baixa disponibilidade de profissionais de entrega, como em dias de chuva, os custos também podem flutuar. Também pode-se levar em consideração alguns custos logísticos que aumentam a complexidade da precificação da entrega como por exemplo: custo de cubagem (quando a carga de baixo peso e alto volume ocupa a capacidade de carga do veículo) ou ainda o custo de estadia do veículo (quando o veículo fica parado por um tempo maior do que o esperado num dos pontos de coleta ou entrega).

Na prática, para você calcular a taxa de entrega, você precisa levar em consideração os pontos mencionados acima além de observar algumas condições culturais de diferentes regiões do Brasil. Geralmente grandes centros urbanos têm valores menores de entrega em relação a cidades do interior do país. 

2 → Como funcionam as taxas de entrega dos apps de delivery 

Hoje, a maioria dos apps de delivery oferecem a opção full service. Isto é, o lojista não precisa se preocupar com a etapa da entrega, incluindo os custos aferidos a ela. 

Para o lojista há muitas vantagens no formato, pois o app assume todas as responsabilidades do delivery de ponta a ponta. Tendo o empreendedor apenas o trabalho de receber o pedido e prepará-lo para a coleta. 

3 → Pessoa entregadora terceirizada ou própria, qual escolher?

Assim como calcular o valor da taxa de delivery, ter um profissional de entregas próprio, ou terceiro, depende de vários fatores.

  1. Demanda de pedidos: o número de pedidos que o seu negócio recebe é um fator determinante neste processo. Você precisa entender se o número de pedidos é suficiente para ter uma pessoa entregadora dedicada 100% ao seu negócio, ou se está profissional irá conseguir atender a uma demanda alta;
  2. Custos de manutenção veicular: se você tem um entregador dedicado ao seu negócio, independente se o veículo for próprio ou do profissional, é preciso atentar à manutenção do veículo e também à documentação, para você não ficar na mão;
  3. Seguro: alinhado ao tópico anterior é preciso pensar em um seguro para o profissional, mesmo que ele não seja um funcionário direto da empresa é preciso observar como o dia a dia de entregas pode afetar a saúde dele e por consequência o seu negócio, caso este profissional venha a sofrer uma acidente. 
  4. Substituição: é preciso pensar em um plano B, caso ocorra qualquer problema com a pessoa que te atende, qual é o caminho a ser tomado de forma imediata para que não haja problemas nas entregas; 

Caso sua opção seja por um entregador próprio, os pontos acima devem ser observados antes de se iniciar o serviço de delivery, para que não haja quebra de expectativas com o cliente final. 

Por outro lado, caso a opção seja por um entregador terceiro, tanto de apps de delivery, como de operadores logísticos, estes pontos são de obrigação destas empresas. 

4 → A entrega grátis como diferencial competitivo 

Dados da Forest Research, 55,4% dos consumidores de e-commerces abandonam o carrinho devido ao valor da taxa de entrega. Embora não haja dados do mercado de delivery, uma pesquisa da Delivery Much mostra que 17% das pessoas usuárias pedem delivery motivadas pela entrega grátis. 

A entrega grátis é um fator estratégico e um diferencial competitivo, uma vez que um produto que custa R$ 70, pode chegar a R$ 85 (considerando uma taxa de entrega de R$ 15).

“É muito importante investir em entrega grátis, sobretudo no caso de restaurantes que tenham um ticket médio pequeno no setor de alimentação (é o caso se cafés e Açaís) pois quanto menor o ticket médio do restaurante, maior é a probabilidade da entrega representar um valor alto da compra. Pagar R$10,00 de entrega numa pizza de R$60,00 é melhor do que pagar R$10,00 de entrega num Açaí de R$15,00. Nesse caso, quanto menor o ticket médio do pedido, maior é o impacto da entrega grátis”, comenta Gabbi.

No mercado de alimentação todo tipo de investimento que seja orientado para incrementar as vendas deve ser feito, desde que não comprometa a saúde financeira do restaurante. Todavia, o profissional defende que o investimento em entrega grátis pode trazer mais vendas que a compra de espaço em TV, Rádio ou mesmo em outdoors além de ser fácil calcular o retorno sobre o investimento. 

“Se você comprar um espaço de R$ 1.000 em um outdoor, você precisa desembolsar o investimento e depois torcer para ter acertado a divulgação para o público certo, no momento certo e no canal de comunicação certo. Por outro lado, se você investe os mesmos R$ 1.000 em entrega grátis, e o ticket médio for R$50,00 (entrega + pedido), você poderia gerar 100 pedidos com entrega grátis. A diferença do valor investido na entrega gratis é a geração R$ 4.000,00 em vendas, já contabilizando o desconto”, finaliza Gabbi.


Leitura complementar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *