como-funciona-o-empreendedorismo-digital

Como funciona o empreendedorismo digital

Quer saber como funciona o empreendedorismo digital e quais os maiores desafios que você vai encontrar neste modelo? Confira neste artigo. E se você está sem tempo de ler, clique no player e ouça o artigo:


Vivemos em uma sociedade cada vez mais conectada. A facilidade de poder resolver uma infinidade de questões com apenas alguns cliques é um atrativo irresistível, principalmente para quem quer mais praticidade ao chegar em casa no fim do dia. Isso criou o cenário perfeito para os empreendedores que viram no meio digital uma chance de alavancarem os seus negócios – ou mesmo de mudarem de vida.

O boom do empreendedorismo digital no Brasil é recente: ele ganhou força há mais ou menos dois anos, com o agravamento da crise econômica de 2017.

Muitos brasileiros que ficaram desempregados viram no modelo de negócios online uma forma de voltarem ao mercado e serem donos de seus próprios negócios. De acordo com o Sebrae, de 2015 a 2017 foram mais de 11,1 milhões de empresas criadas por necessidade no Brasil, como uma forma de contornar a crise e garantir a renda familiar.

Assim como em qualquer negócio, existem muitos mitos sobre como funciona o empreendedorismo digital. Se você tem vontade de empreender neste meio, confira abaixo alguns pontos que você precisa dominar para investir com mais segurança:

1. Por que apostar no empreendedorismo digital?

2. Como impulsionar o seu negócio digital?

3. Desafios do empreendedorismo digital


1. Por que apostar no empreendedorismo digital?

Você consegue se imaginar vivendo sem nenhum tipo de tecnologia a partir de hoje? Ou pensar em como a sociedade se organizaria se não existisse a internet e os smartphones?

Difícil, né? O mundo online faz parte da nossa realidade e, com base na forma como ele pauta a nossa rotina, será assim por muito tempo. Em outras palavras, os negócios digitais são fruto de um ambiente próspero.

Além do mercado aquecido, já introduzimos aqui, as maiores vantagens deste modelo de negócios para os empreendedores. São elas:

1. Custo inicial mais baixo

2. Sem barreiras geográficas

3. Negócio mais fácil de tornar escalável

4. Flexibilidade

Além destes pontos, a dinamicidade do modelo de negócios é outra grande vantagem. Isso porque não há necessidade de encontros presenciais, assim como não há preocupação com horários de funcionamento ou questões burocráticas (como a carga horária dos funcionários, por exemplo). E, por fim, também podemos citar a proximidade com o público, que se mostra mais aberto e até mesmo anseia por se aproximar mais do negócio, de seus valores e da sua essência.


2. Como impulsionar o seu negócio digital?

Ter um empreendimento online não é sinônimo de trabalhar poucas horas por dia, de pijama e pantufas na sala de casa. Ainda que o modelo permita tudo isso, é preciso também muito esforço para que seu o empreendimento se destaque. Por isso, destacamos abaixo alguns pontos que não podem ser negligenciados na construção de um negócio sólido e próspero na internet:

1 – Defina a sua persona

Antes de tudo, você precisa entender quem é a sua persona – ou seja, a representação do seu cliente ideal. A partir daí, você terá mais facilidade para entender quais são os seus desejos e dores e apresentar o seu produto como a solução perfeita.

A persona vai guiar todos os processos que o seu negócio demanda, desde a produção do produto até o pós-venda. Ou seja, a partir da persona você vai definir o tom da sua comunicação, a aparência do seu site, que tipo de produto você oferece (e a forma como oferece), quais atributos que você precisa destacar, avaliar o que esse cliente valoriza, quando estaria disposto a pagar, etc.

2 – Tenha um diferencial claro

A internet está cheia de pessoas querendo vender alguma coisa. E muitas delas podem estar oferecendo o mesmo produto que você. Isso sem contar os muitos negócios iguais ao seu que podem estar sendo criados neste exato momento ao redor do mundo. Você percebe a importância de ter um diferencial claro? É isso que vai o colocar à frente das outras empresas. É por isso que o seu produto vai ser desejado. Não seja mais um em uma multidão de negócios iguais ao seu.

3 – Invista em marketing

Você já tem uma persona traçada e um produto bem definido. Agora o seu negócio precisa ser encontrado. Para isso você precisa ir além de ter um site bem produzido e otimizado. Como já falamos em materiais anteriores, você precisa investir em estratégias de marketing digital que vão ajudá-lo a ser visto como referência no nicho em que atua e melhorar o posicionamento do seu site nos mecanismos de busca.


3. Desafios do empreendedorismo digital

Empreender no Brasil gera oportunidades, mas também tem seus desafios. Confira abaixo os mais comuns quando falamos em empreendedorismo digital:

1 – Ser visto

Este é sem dúvida o maior desafio deste modelo. Como já dissemos aqui os negócios digitais não contam com uma vitrine física que atraia a atenção dos clientes que passem por perto do seu negócio, nem com filas de clientes que possam ser entendidas como provas sociais de que vale a pena conferir o produto que você está oferecendo. Por isso reforçamos a importância de investir em e em estratégias de SEO.

2 – Construir autoridade

Construir autoridade no meio online certamente vai ajudar com o desafio anterior, mas não é fácil. Você precisa não apenas conhecer tudo sobre o universo do seu produto como produzir conteúdos relevantes sobre ele. Você quer que as pessoas vejam o seu negócio como uma referência, e que sempre se dirijam a ele quando precisarem da solução que o seu segmento oferece.

3 – Competitividade

Se a competitividade dos negócios físicos já é muito expressiva, no ambiente online ela pode ser esmagadora. Por ser um modelo mais acessível, você deve estar preparado para enfrentar uma concorrência determinada a, assim como você, assumir um posto fixo no topo da primeira página de buscas do Google.

Quer ser um empreendedor digital? Confira todas as dicas em nosso conteúdo especial: “Empreendedorismo digital: o que é, vantagens e por que apostar no modelo“.