festival-de-delivery-do-hambúrguer

Delivery Much lança o maior Festival de Delivery do Hambúrguer do Brasil

O festival irá acontecer em todo o Brasil entre os dias 13 e 30 de maio e espera-se que mais de 100 cidades participem da ação.


Segundo dados da Delivery Much, o hambúrguer é a segunda comida mais consumida no interior do Brasil. Apenas em 2020, o produto teve um crescimento de 106% em vendas, em relação a 2019, e foi responsável por cerca de 12% do total de pedidos em delivery em todo o país. 

E para premiar os amantes do produto, a Delivery Much lança, nesta quinta-feira (13/05), o primeiro Festival de Delivery do Hambúrguer a nível nacional do aplicativo. Para Vinicius Dambros, diretor de Marketing da Delivery Much, o Festival é uma oportunidade para os clientes do aplicativo, em todo o Brasil, conhecerem os mais variados sabores do produto.

Crescimento em Vendas

Em Uruaçu, Goiás, onde foram realizados testes para o Festival, as vendas das lojas participantes tiveram um incremento de 80%, em relação ao período anterior. 

Para o  Festival de Delivery do Hambúrguer, que será o maior do interior do país, espera-se que o incremento de vendas de até 20% para as lojas participantes.

E se depender dos consumidores, o incremento pode ser maior. Para Bernardo Betim, 31, Florianópolis, o hambúrguer tem a sua preferência na hora de pedir delivery, pela suculência da carne e pelo respeito aos ingredientes, que proporciona uma experiência singular em cada sabor.

Como vai funcionar a campanha 

Para os restaurantes aderirem ao Festival é preciso ser parceiro da Delivery Much, vender hambúrgueres e solicitar ao representante do aplicativo inclusão do selo “Burger Festival” no perfil da loja publicada no app. 

Para as pessoas usuárias, o Festival vai trazer ofertas especiais, que variam de cidade para cidade, como: valores a partir de R$ 12; descontos de 30% ou combos pague 1, leve 2.

Xis também é hambúrguer?

Há alguns anos, o termo hambúrguer não era tão popular no Brasil e os Xis dominavam os cardápios e em muitos negócios, a iguaria ainda é o principal produto e também o produto preferido por usuários.

Para Camila Ávila, 26, de Santa Maria, o Xis, além de ser uma comida que não enjoa, tem um valor afetivo (comfort food) e facilita na hora de comer, por ser prensado. “Sabe aquele dia que tu decide que merece comer algo gostoso no final do dia? Eu escolho um xis”, comenta ela.  

Embora o alimento seja conhecido em quase todo o Brasil, tem fortes raízes no sul, muito disso se comprova em dados, os três estados são os maiores consumidores individuais de Xis do Brasil. Devido a isso, para Santa Catarina e Rio Grande do Sul a campanha se estende ao Xis, X, cheese, podrão, prensadão e outras alcunhas carinhosas ou nem tanto dadas ao sanduíche.


Leitura complementar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *