Como melhorar meu delivery

Como melhorar meu delivery

O delivery pode ser uma fonte de renda importante para restaurantes, mas para isso é preciso saber investir nas estratégias certas.


Conforto, rapidez e praticidade. Esses são alguns dos motivos que levam muitos consumidores a optarem pelo delivery quando sair de casa não é um desejo ou uma opção. 

Fortemente adotada pelo setor de alimentação, a solução também atraiu negócios como farmácias, supermercados e petshops, que tiveram um crescimento expressivo nos apps de delivery em 2020.

Ao longo do ano, o delivery de comida sozinho atingiu a marca de US$ 111,32 bilhões em todo o mundo. Ainda que o Brasil constitua um mercado ainda muito imaturo, a crescente busca por digitalização indica abertura para esse tipo de solução tanto por parte dos negócios quanto pelos consumidores.

Como toda operação, o delivery também demanda planejamento para garantir que os consumidores fiquem satisfeitos e queiram repetir a experiência com a sua marca no futuro. Isso inclui desde ter uma estrutura mínima até entender como os processos necessários para que cada entrega seja realizada com sucesso.

Quer melhorar o seu delivery mas não sabe por onde começar? Confira abaixo as dicas que selecionamos para você.


MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → Otimize seu cardápio ou catálogo

2 → Otimize sua área de entrega

3 → Entregue o que promete

4 → Faça a gestão dos clientes

5 → Peça e faça a gestão dos reviews

6 → Transforme clientes em influenciadores do seu negócio

7 → Defina metas a serem alcançadas

8 → Construa melhorias a partir das metas e aprendizados

9 → Informe-se constantemente sobre o mercado


1 → Otimize seu cardápio ou catálogo

Antes de colocar todo o seu cardápio/catálogo atual no delivery, é preciso entender o que faz sentido nesse modelo. Seus clientes querem ter a experiência mais próxima possível da que teriam ao frequentar o seu espaço físico, e nem todos os seus produtos permitem isso.

Não se preocupe em colocar todo o seu cardápio atual no delivery. Avalie, primeiramente: quais produtos viajam bem, quais são os preferidos dos clientes e quais têm o maior ticket médio. Parta da combinação desses fatores para definir quais serão oferecidos no delivery.

Uma dica importante é fazer testes de entregas dos seus produtos antes de fechar o cardápio. Assim você consegue entender e ajustar a experiência que está oferecendo para os seus clientes e consegue ser mais assertivo nas suas escolhas.

2 → Otimize sua área de entrega

Esse é um ponto muito importante, mas que vários negócios acabam ignorando — e pagando o preço por isso mais tarde.

Não é porque o seu negócio oferece delivery que você precisa entregar em todos os lugares. É preciso ser realista e entender qual é a área de entrega que você consegue fazer com agilidade, a um custo aceitável e sem interferir nas características do produto.

Além disso, assegure-se sempre de organizar os roteiros de forma otimizada, separando os pedidos por regiões de entrega.

3 → Entregue o que promete

O que leva um cliente a se decepcionar com um produto ou serviço? De acordo com dados, 21% dos clientes, tem a maior frustração no delivery ao não receber o que foi prometido.

Logo, se você prometeu ao seu cliente o seu prato favorito, entregue quentinho na porta de casa em 20 minutos, ele não espera nada menos do que isso.

Por isso é tão importante que você conheça as forças e fraquezas da sua operação interna para que saiba o que precisa ser melhorado. A logística do delivery envolve processos que não são exatamente iguais aos de um negócio que atende seus clientes apenas no salão, e isso precisa estar claro tanto para você quanto para a sua equipe. Lembre-se: evitar a frustração dos seus clientes deve ser tão importante quanto criar experiências positivas.

4 → Faça a gestão dos clientes

Você sabe quem são os seus clientes? E aqui não estamos falando apenas do perfil geral dos consumidores, como faixa etária e renda, mas sobre quem eles são de verdade.

Quem deseja se aproximar dos clientes precisa entender quem eles são e quais são os seus hábitos de consumo ligados ao seu negócio. A boa gestão dos seus clientes está diretamente ligada ao relacionamento que você constrói com eles. Para isso, mantenha a sua lista de consumidores com os dados atualizados, acompanhe o seu ticket médio e seu histórico de compras. Assim, você saberá o momento ideal para se aproximar e como personalizar ofertas que façam sentido para cada um deles.

Essa é uma das grandes vantagens do delivery, então não deixe de usá-la a seu favor.

5 → Peça e faça a gestão dos reviews 

No atendimento presencial, é fácil olhar para o seu cliente e perguntar o que ele achou do seu produto. Já quando falamos em delivery, essa é a função dos reviews.

Essa é uma métrica importante e que precisa ser analisada sempre. É através dos reviews que você pode tanto fazer a gestão dos seus clientes como entender quais pontos das entregas precisam ser melhorados.

Por isso, peça avaliações sobre o seu produto e o serviço de entrega e faça a gestão desses feedbacks. Assim você consegue entender as expectativas que esses clientes tinham ao escolher o seu negócio e se elas foram atendidas ou não. E sempre responda todo mundo: não tem nada mais chato do que ser chamado para uma conversa e depois ser deixado falando sozinho.

6 → Transforme clientes em influenciadores do seu negócio

Pense nas suas experiências como consumidor. Quando vai comprar um produto ou experimentar um novo restaurante, você confia mais na propaganda que o negócio faz ou nas opiniões dos clientes que vieram antes de você?

É bem provável que a segunda opção acabe pesando mais na sua decisão, assim como acontece com a maioria das pessoas. Só isso já deixa clara a importância de ter consumidores satisfeitos e que ajudem a propagar uma imagem positiva da sua marca, por isso a importância do tópico 5.

Mas ter clientes como influenciadores do seu negócio não está apenas focado em reviews. Para ter um efeito muito mais positivo do que investir grandes quantias em ações tradicionais de marketing você precisa:

  • Valorizar aqueles clientes que são mais fiéis,
  • Oferecer descontos ou cupons exclusivos;
  • Estimular que eles compartilhem sua experiência.

E, principalmente, não se preocupe apenas em buscar pessoas influentes em mídias sociais, mas em promover um efeito de rede positivo para a sua marca.

7 → Defina metas a serem alcançadas

Como toda nova estratégia que você adota para o seu negócio, o delivery também precisa ser planejado de acordo com metas claras a serem alcançadas. São essas metas que irão direcionar as suas ações, que, por sua vez, serão diferentes de acordo com cada caminho que você escolher seguir.

Você quer oferecer o serviço de delivery para conquistar mais clientes? Para expandir a sua área de atuação? Para ter mais uma fonte de receita? Porque todo mundo está fazendo? Pense bem em qual é a sua motivação e desenhe sua estratégia em volta dela. Definir suas metas deve ser o seu primeiro passo.

8 → Construa melhorias a partir das metas e aprendizados

Se você está estruturando o seu delivery agora, talvez tenha receio de que algo dê errado no início. Bom, as chances de isso acontecer são grandes, já que deliverys experientes também erram. O que diferencia os que têm sucesso dos que não têm é o que eles fazem com esses erros.

Construir melhorias a partir das metas que você estabelece e dos aprendizados que você tem ao longo do caminho é fundamental para que o seu negócio funcione. O que dá certo para um estabelecimento pode não ser o ideal para outro, por isso é tão importante estar atento ao que acontece no dia a dia da sua operação de delivery e construir o seu diferencial a partir da sua experiência.

9 → Informe-se constantemente sobre o mercado

O mercado muda o tempo todo, isso não é novidade para ninguém. Se adaptar às novas exigências dos consumidores é inevitável, assim como entender como as mudanças da sociedade como um todo impactam em cada negócio. Com o delivery não é diferente.

De conveniência a necessidade, o delivery vem assumindo vários papéis ao longo dos últimos anos. Além de conhecer sobre o seu segmento, você precisa entender o mercado de delivery, suas tendências e buscar ideias e inspirações em outros negócios.

Para tornar essa tarefa mais fácil, trazemos para o blog da Delivery Much tudo o que você precisa saber sobre o mercado de delivery. Toda semana temos vários conteúdos em primeira mão para você. 🙂


Leitura complementar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *