Saiba 4 formas de empreender para começar seu próprio negócio ainda neste ano

Imagine este cenário: depois de processar bem a ideia, você decidiu que realmente vale a pena empreender. Muito além do retorno financeiro, a sua busca pessoal e profissional é por inovar, tocar projetos instigantes, conhecer e motivar pessoas, impactar positivamente o seu meio.

E é justamente por causa disso que, agora, em 2018, você está a um passo de sair do emprego para se lançar como empreendedor. Porém, esse processo pode se perder sem um objetivo bem definido para expressar e colocar em prática o seu desejo de mudança.

Essa escolha não é algo simples, já que são vários os caminhos possíveis. A seguir, vamos indicar 4 formas de empreender, elencando os principais pontos dessas iniciativas, para que você identifique a área mais compatível com as suas ambições e necessidades.

 

  1. Criar uma empresa

Talvez, essa seja uma das formas mais complexas de empreender, já que exige muito esforço, planejamento e habilidade para lidar com situações de incerteza. Aqui, falamos de quem quer começar algo do zero mesmo, seja para lançar produtos ou serviços.

O primeiro passo dessa empreitada é analisar o mercado, identificando oportunidades da região onde será aberto o futuro negócio. Isso é essencial para oferecer soluções diferentes, mas focadas nas demandas locais, e, assim, conquistar espaço favorável para crescer.

Inclusive, a organização financeira se relaciona diretamente a esse estudo inicial, porque, conhecendo a realidade, é possível chegar a valores concretos, evitando desperdícios. E acredite: pode ser difícil, mas dá para empreender com pouco dinheiro. Bons exemplos disso são os negócios em cidades pequenas, ambientes onde geralmente há concorrência baixa e menor necessidade de capital para investimento.

 

  1. Comprar uma franquia

Nesse caso, a ideia é tocar um novo negócio a partir de um modelo predefinido. Investir em franquias é uma estratégia para ser dono do próprio nariz, mas correndo riscos menores e com chances mais palpáveis de retorno em curto prazo.

Isso acontece porque o sistema de franchising garante ao empreendedor um ambiente de negócios já testado, com marca reconhecida, boa reputação e suporte para treinamento e gestão.

Essas características são favoráveis ao desenvolvimento do empreendedorismo segundo, a Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2017, o setor cresceu 7% em relação ao ano anterior aqui no país.

E como o modelo já é consolidado no Brasil, não faltam boas oportunidades para você empreender como franqueado. Inclusive, uma ideia interessante para dividir responsabilidades, crescer com base na colaboração e, ainda, trabalhar ao lado de empreendedores de que você gosta e admira, é planejar uma franquia em sociedade.

 

  1. Oferecer consultoria

Agora, falamos de uma das formas de empreender que tende a se beneficiar bastante dos aspectos tradicionais do mercado. Afirmamos isso, porque, no trabalho como consultor, você pode aproveitar toda a sua trajetória de trabalho em outras empresas para inovar com estabilidade, considerando processos que dão certo e que, com sua expertise, podem ganhar traços diferentes.

Nesse modelo de empreendedorismo, geralmente o investimento inicial é baixo. Em contrapartida, o retorno tende a ser vantajoso, principalmente se você tiver estabelecido uma boa rede de relacionamento ao longo de sua carreira.

Para trabalhar nessa área, é importante que você saiba mais que o “feijão com arroz”. Quem procura uma consultoria está atrás de alguém com experiência e conhecimento aplicável. Então, seus conselhos e atitudes devem não só motivar os clientes, mas também oferecer resultados. Por isso, planeje-se bem, tenha um portfólio consistente e atualize-se sempre, independentemente da área em que for prestar consultoria.

 

  1. Trabalhar como freelancer

Estabelecer uma rotina produtiva a partir de qualquer lugar e sendo o seu próprio chefe. Há alguns anos, quando o assunto era freelancer, muitos ligavam o termo a repórteres e fotógrafos internacionais que enviavam notícias e imagens de todo o mundo para os veículos de comunicação, trabalhando remotamente.

Hoje, essas profissões estão cada vez mais desenvolvidas e, ainda, dividem espaço com uma série de outros trabalhos. A realidade é que o empreendedorismo como freelancer vem se firmando como um modelo de vida e está se beneficiando significativamente da constante evolução tecnológica.  

Pensando na área de conteúdo, você pode oferecer serviços de redação, revisão e tradução de textos para pessoas em qualquer lugar. Mas se você for um profissional de idiomas, por exemplo, pode construir um perfil online para divulgar o seu portfólio de serviços para o maior número possível de potenciais alunos.  

Além desses exemplos, há muitas mais áreas para atuar como freelancer. Esse modelo permite liberdade criativa e também é um jeito de começar uma carreira com orçamento baixo.

Mostramos aqui algumas dicas sobre 4 formas de empreender. Os formatos já são conhecidos, mas quem os torna possíveis e replicáveis são pessoas que, assim como você, estão abertas a correr riscos para viver com mais satisfação pessoal e profissional.

Falando nesse assunto, temos mais um conteúdo que vai lhe interessar. Leia agora o post “5 dicas de gestão para empreendedores iniciantes” e descubra como organizar o seu novo negócio!