10 dicas para aumentar o ticket médio de um restaurante

10 dicas para aumentar o ticket médio de um restaurante

Você sabe o que é, como calcular e como aumentar o ticket médio de um restaurante? Descubra na matéria, boa leitura!


Em poucas palavras, o ticket médio representa o valor que cada cliente consome, em média, no seu restaurante.

Para obtê-lo, basta dividir o faturamento do período que desejar pelo número de clientes que frequentaram o seu restaurante no mesmo período.

Por exemplo: se você recebe 100 clientes por dia e o seu faturamento é de R$1.000, o seu ticket médio diário é de R$10.

Calcular o ticket médio de um restaurante é importante para mensurar a lucratividade do negócio, projetar as entradas e saídas, além de desenvolver ações para aumentar ganhos.

Conhecer este valor também é importante para que você possa equilibrar suas ações de promoção e divulgação, além de estimar o retorno que terá com elas. Por isso, atualize os cálculos do valor ao menos uma vez por mês.

Agora que você já conhece o ticket médio do seu restaurante, é hora de pensar em estratégias para aumentar o valor agregado dos seus produtos (e, por consequência, o seu ticket médio) sem impactar diretamente nos preços do seu cardápio. Confira nossas dicas:

MENU DE NAVEGAÇÃO
1 → Crie promoções sazonais
2 → Utilize técnicas de Customer success
3 → Diversifique seu cardápio
4 → Crie programas de fidelidade
5 → Trabalhe com delivery online
6 → Ofereça complementos
7 → Gerencie seus custos
8 → Descubra quem é seu público
9 → Crie combos especiais para delivery
10 → Atenda públicos diferenciados

1 → Crie promoções sazonais

Criar promoções é uma estratégia que sempre atrai o público. Além das tradicionais ações em datas comemorativas, pense também em produtos sazonais de acordo com a estação do ano e com a matéria prima disponível em cada época.

Isso proporciona uma experiência diferenciada para os seus clientes fieis, além de despertar o senso de urgência – já que a disponibilidade é por tempo limitado.

Outra estratégia é escolher determinados dias da semana (em especial os menos movimentados) para disponibilizar descontos e ofertas especiais e, assim, atrair os consumidores para o seu restaurante.

2 → Utilize técnicas de Customer success

O Customer Success está ligado à satisfação dos seus clientes. As estratégias, portanto, passam por todas as etapas percorridas pelo cliente na sua empresa – inclusive o pós-venda.

Acompanhar e ouvir o que os seus clientes têm a dizer sobre a experiência com o seu restaurante é uma forma de conhecê-los melhor.

E, quanto mais você conhece o seu público e entende como pode melhorar, mais fácil será de conquistar novos clientes e, principalmente, de reter os que você já tem.

Lembre-se de que reter os seus clientes exige um investimento muito menor do que conquistar novos.

Algumas técnicas que fazem parte da estratégia de Custumer Success:

Pesquisas simples: uma forma de convidar seus clientes a compartilharem com você suas impressões sem “assustá-los”. Mesmo as pesquisas de satisfação mais simples podem indicar se você está entregando uma experiência boa ou ruim.

Pesquisas elaboradas: são importantes para reunir resultados mais concretos e conclusivos. Para engajar seus clientes a responderem esse tipo de pesquisa, ofereça um brinde ou um desconto.

Analise os seus dados: de nada adianta realizar pesquisas se você não utiliza os dados obtidos. Lembre-se de fazer as análises em conjunto com pesquisas de mercado para ter resultados mais realistas.

Crie uma jornada para o seu cliente: a partir dos resultados obtidos, pense em como criar (ou melhorar) a jornada do seu cliente no seu restaurante.

Ela deve ir muito além dos pratos do seu cardápio, passando também pela decoração do ambiente, os sons e cheiros, o atendimento e todos os demais elementos que compõem a experiência.

Quando você encanta um cliente, a sua marca fica na cabeça dele – e as chances de fidelizá-lo são muito maiores.

3 → Diversifique seu cardápio

Dentre todos os motivos que levam os seus clientes até o seu restaurante, o cardápio é o principal.

Logo, diversificar o seu cardápio é uma ótima forma de atrair novos clientes, aumentar as vendas e proporcionar novas experiências para quem já é fiel.

Além disso, o gatilho da “novidade” é forte e ninguém quer ser deixado para trás. Isso é ainda mais forte quando o cliente está na sua zona de conforto, em um lugar que já conhece.

Para diversificar seu cardápio de forma bem sucedida, você deve:

  1. Fazer um bom planejamento.
  2. Manter a qualidade dos pratos.
  3. Treine e engaje sua equipe.
  4. Teste os pratos e faça ajustes de acordo com as respostas dos clientes.
  5. Divulgue as novidades do seu cardápio.
Post relacionado: 7 estratégias para aumentar a lucratividade de um restaurante

4 → Crie programas de fidelidade

Programas de fidelidade são sempre uma boa estratégia de valorização de clientes assíduos.

Assim como nas dicas anteriores, aqui é muito importante que você saiba o seu ticket médio para definir como o seu programa vai funcionar.

Por exemplo: no seu programa de fidelidade, a cada 9 refeições de valor X a décima é gratuita.

Mas para que você possa definir o valor X, é preciso saber qual é o ticket médio do seu estabelecimento.

Há dois perigos em uma ação sem dados:

  1. Se colocar um valor muito abaixo, poderá sair no prejuízo;
  2. se colocar um valor muito alto, gerará frustração por parte dos clientes que nunca conseguem atingir o valor.

Logo, conheça muito bem seus custos para poder criar um programa lucrativo e atrativo.

Até por que, a principal vantagem dos programas de fidelidade é que você não precisa aumentar sua base de clientes para faturar mais, mas sim incentivar quem já frequenta o seu restaurante a consumir um pouco mais.

5 → Trabalhe com delivery online

O delivery online é um recurso essencial para quem tem o objetivo de aumentar o ticket médio.

A modalidade, que até pouco tempo atrás era considerada um diferencial, hoje é indispensável para quem não quer perder vendas para a concorrência.

Um delivery online bem estruturado não apenas ajuda a conquistar novos clientes, como também fideliza aqueles que já conhecem o seu cardápio mas não querem se deslocar até o estabelecimento físico.

Um meio mais seguro e acessível para disponibilizar a modalidade para os seus clientes é contar com plataformas como o Delivery Much.

As vantagens destes apps estão em o restaurante não tem gastos com o desenvolvimento da plataforma e ainda contar com a visibilidade que a solução proporciona.

Saiba mais sobre o Delivery Much aqui:
Delivery Much Franquias: empreenda com segurança e suporte
Delivery Much Taxas: conheça as taxas de franquia e de restaurantes

6 → Ofereça complementos

Mais do que simplesmente aumentar o ticket médio do seu restaurante, a oferta de complementos ajuda o cliente a personalizar os pratos de acordo com o seu gosto.

Quando você dá ao cliente a opção de acrescentar os itens que ele gosta ao pedido, o prato certamente se tornará mais atrativo e a experiência mais positiva.

Por isso, treine a sua equipe para que a abordagem dos clientes seja sutil e não os deixe desconfortáveis.  

7 → Gerencie seus custos

Depois de conhecer o seu ticket médio, é hora de calcular os seus custos e elaborar estratégias para aumentar a lucratividade do seu restaurante.

Quando for definir o valor de um produto, você deve levar em conta não só o custo dos ingredientes, mas também as despesas fixas e variáveis envolvidas na sua elaboração – que constituirão a maior parte do preço final.

Considere a seguinte proporção:

25% = custos dos ingredientes

50% = despesas fixas e variáveis

25% = lucro

Para ajudar você nesta tarefa, utilize a ferramenta Engenharia de Cardápio, a fim de analisar a popularidade e rentabilidade dos pratos disponíveis no seu cardápio.

8 → Descubra quem é seu público

Você conhece o público que frequenta o seu restaurante? Entende os seus hábitos de consumo e seus desejos? Sabe qual é a sua faixa etária, profissão e constituição familiar? 

A partir destas informações, você consegue definir a sua persona. Além de ajudar a “materializar” o seu público, ela também é fundamental na tomada de decisões a respeito da sua marca.

Comunicação, produtos, ambiente, etc. Tudo deve estar voltado para quem frequenta o seu restaurante – ou mesmo para o público que você deseja atingir.

Não faz sentido investir apenas em uma campanha voltada para casais de classe A/B se o seu cardápio e ambiente fazem sucesso entre adolescentes de classe C, por exemplo.

Conhecendo o seu público atual e definindo o seu público ideal, você conseguirá direcionar os seus esforços de forma mais estratégica e otimizada.

9 → Crie combos especiais para delivery

A utilização de combos não é novidade no ramo de alimentação, já que tende a ser bastante lucrativa quando bem estruturada. Quando falamos de delivery, ela pode ser ainda mais interessante.

A criação de combos especiais para essa modalidade podem ser uma isca poderosa para atrair os consumidores que prezam por descontos e já estão habituados com o delivery.

Calcular o seu ticket médio é fundamental para que você possa propor os combos mais vantajosos para os seus clientes sem sair no prejuízo.

Você também pode se interessar por: Como ganhar dinheiro com delivery online: estratégias e ideias

10 → Atenda públicos diferenciados

O público que busca por uma alimentação diferenciada cresce cada vez mais, e os restaurantes têm buscado se adaptar a essa realidade de mercado.

Já existem muitos estabelecimentos voltados exclusivamente para o público que possui restrições alimentares, que adota uma dieta vegetariana/vegana ou que simplesmente busca por uma alimentação mais saudável ou funcional.

Se o foco do seu restaurante não for nenhum desses, é importante que você possua ao menos algumas opções no seu cardápio para não perder vendas.

Os públicos diferenciados buscam por produtos de qualidade mesmo que seu ticket médio seja mais elevado em comparação às opções tradicionais.

Gostou das dicas? Confira também outros artigos do nosso blog:

Como a Delivery Much leva inovação no interior do Brasil
Restaurantes: como conquistar, fidelizar e manter clientes
Empreender no Brasil: por que apostar em 2020