delivery-de-comida

Saiba como montar um delivery de comida para o seu restaurante

Entregar refeições em domicílio é um serviço que não pode passar batido pelos restaurantes. Em meio a um contexto em que as pessoas estão acostumadas com a praticidade e a agilidade desse tipo de sistema, trabalhar com delivery oferece ótimas oportunidades para os negócios.

A estratégia cresceu nos últimos anos, e absorver as transformações que ela vem causando pode impactar positivamente os empreendimentos, seja para alavancar vendas, seja para fidelizar a clientela. Portanto, é essencial que um restaurante espalhe seus produtos e sua marca para além do espaço físico, e saber como montar um delivery de comida está no centro desse processo.

Para você entender os passos que devem ser tomados, acompanhe este artigo. Apresentaremos alguns dos principais elementos para organizar um sistema de entrega.

 

Conheça a realidade do seu restaurante

Dentre as reclamações mais comuns dos clientes de delivery, está a demora. Esse problema pode resultar da falta de infraestrutura do negócio para atender a região para a qual oferece os serviços. Evite situações desse tipo no seu delivery fazendo uma pesquisa de campo e um planejamento que considere as possibilidades reais do estabelecimento.

Pense no seguinte cenário: é bacana oferecer entregas por toda a cidade, mas, se o seu restaurante tem capacidade reduzida, focar apenas em bairros próximos, por exemplo, pode ser o diferencial da sua qualidade. Com o tempo, essa estratégia pode fazer o negócio crescer e, assim, tornar possível a ampliação das operações.

Também é indispensável estudar a concorrência, entender que tipos de refeições são mais procuradas na região do restaurante e na cidade e pesquisar os fornecedores que garantirão que o estoque esteja sempre em dia.

 

Monte um cardápio específico para o delivery

Um dos pontos-chave para que o seu sistema dê certo é planejar um menu voltado apenas para o delivery. É interessante ter comidas e bebidas variadas, porém, um cardápio com muitas opções pode deixar o consumidor confuso e até mesmo provocar uma desistência, devido à dificuldade de fazer uma escolha rápida na hora da fome.

Outro ponto importante é oferecer apenas os produtos que chegarão às casas dos consumidores no mesmo estado de conservação que no restaurante. Imagine a frustração de alguém que recebe batatas fritas moles e frias, em vez de crocantes e quentinhas? E se a pessoa pede uma macarronada com massa fresca e o prato chega fora do ponto?

Exemplos assim mostram que o cardápio de delivery deve priorizar os ingredientes que o restaurante tem a capacidade de trabalhar e entregar ao cliente final, na residência dele, com a mesma qualidade do serviço da unidade física do negócio.  

Também é importante pensar na personalização. Para isso, considere possibilidades entre o seu público: além das pessoas que comem quaisquer alimentos, podem chegar pedidos de vegetarianos e veganos, por exemplo. Há também os clientes com restrições alimentares, como intolerância ao glúten e à lactose. Ter jogo de cintura para integrar essas características no seu menu pode ser um bom diferencial.

 

Estabeleça equipes para cada demanda

Saber como montar um delivery de comida tem relação direta com a gestão de pessoas. Para que as operações do serviço funcionem adequadamente, você deverá dividir seus funcionários em times responsáveis por partes pontuais do processo. O resultado será um trabalho sincronizado e organizado.

Fazer essa organização se torna ainda mais funcional quando o seu grupo de profissionais passa por capacitações. Logo, organizar cronogramas para treinar os funcionários é bem interessante. Além de aperfeiçoar as entregas, é uma forma de valorizar a equipe e motivá-la.

Na prática, independentemente do tamanho do negócio, é básico pensar em ao menos cinco equipes: atendimento, higiene, preparo dos pedidos, embalagem e entrega.

Para ilustrar como essa divisão é necessária, vejamos um exemplo de problema operacional. Imagine que uma pizzaria receba uma ligação, mas, como não há atendente, o cozinheiro precisa pegar o telefone e tomar notas ao mesmo tempo em que abre as massas. Além de essa multitarefa ser desgastante, há perda de qualidade no produto, pois os alimentos são manipulados sem a atenção adequada.

 

Contrate um serviço de delivery online

Com a ampliação do acesso à internet e a dispositivos como smartphones e tablets, as pessoas realizam diversas ações online. Por isso, garanta que o seu serviço de entregas atinja um grande público por meio de sites e aplicativos.

Serviços como o da Delivery Much disponibilizam sistema multiplataforma para que os restaurantes cadastrem os seus cardápios e possam receber encomendas online de maneira prática e rápida. A tecnologia favorece que estabelecimentos alimentícios e clientes tenham um canal direto de comunicação, reduzindo ruídos e erros nos pedidos, diminuindo o tempo do processo e evitando custos com ligações.

Esse diferencial facilita a fidelização, pois oferece muita conveniência aos clientes, e também ajuda na organização do restaurante. Com a plataforma, é possível montar um banco de dados da clientela, fazer análise mensal dos pedidos atendidos, gastar menos com papéis e impressão de cardápios e acompanhar as inovações do setor.Agora que você já sabe como montar um delivery de comida, que tal conhecer uma proposta que pode lhe ajudar a conquistar esse diferencial? A Delivery Much tem ótimas soluções para todos os tipos de restaurantes. Entre em contato!