Como usar os dados do mercado de delivery a seu favor

Saiba como aplicar os dados do mercado de delivery de forma prática no seu negócio e vender mais.


O delivery, assim como o comercio eletrônico em geral, cresceu acima do esperado em 2020. Este movimento, construiu uma nova forma de consumir, focada no digital.

A partir disso, negócios que ainda resistiam à digitalização ficaram para trás e para continuarem operando em meio à pandemia, foi necessário buscar atualização. Com isso, a busca por todo tipo de informação relacionada a esse mercado também cresceu exponencialmente.

Mas só ter acesso a dados do mercado de delivery não significa saber o que fazer com eles. Em meio a tantas informações, você saberia dizer quais são mais relevantes para o seu negócio?

Confira neste conteúdo como usar os dados do mercado de delivery a seu favor.


MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → Cenário do mercado de delivery em 2021

2 → Onde encontrar dados do mercado de delivery

3 → Como definir quais dados importam

4 → Transformando números em ideias e vendas


1 → Cenário do mercado de delivery em 2021

A pandemia foi decisiva na mudança dos nossos hábitos de consumo. O delivery sentiu isso de forma positiva, já que a impossibilidade de sair de casa fez com que a solução deixasse de ser vista como algo reservado a ocasiões especiais ou simples comodidade. Ela passou a ser uma necessidade na rotina de muitas pessoas.

Segundo dados divulgados pela startup espanhola Comprar Acciones, o mercado global de delivery online de comida cresceu quase 27% em 2020, passando de US$ 107 bilhões (R$ 575 bilhões) em 2019 para US$ 136 bilhões (R$ 731 bilhões) no ano passado. Em comparação a esse cenário atípico de crescimento do delivery em 2020, é esperado que o mercado tenha uma desaceleração em 2021.

Isso significa que não é o momento de investir no delivery? Pelo contrário: com consumidores já habituados às soluções digitais, é ainda mais importante que negócios de todos os segmentos invistam na digitalização para se prepararem para esta realidade.

Mesmo desacelerado, o segmento continua crescendo. Ainda segundo a startup, a projeção é que o mercado global de delivery online de alimentos passe a valer mais de US$ 151 bilhões (R$ 812 bilhões) em 2021, o que representa um aumento de 11% em relação ao ano passado. Se levarmos em conta que ainda há muito espaço para o crescimento do delivery, principalmente nas cidades pequenas onde apenas 6,9% do mercado é atendido, este é o momento de investir.

2 → Onde encontrar dados do mercado de delivery 

Em uma sociedade em que um número gigantesco de informações está acessível para a grande maioria da população, como fazer para encontrar dados confiáveis sobre o mercado de delivery?

A principal dica é acompanhar as publicações de associações e portais dedicados ao delivery, assim como portais que tragam conteúdos relevantes sobre o mercado como um todo. Seguem abaixo algumas referências que devem entrar para a sua lista de leituras para você se manter atualizado:

3 → Como definir quais dados importam

Você já está por dentro do mercado e sabe onde encontrar materiais sobre delivery. E agora, como definir os dados que realmente importam para o seu negócio?

Como em toda análise, você precisa conhecer profundamente o seu próprio negócio para conseguir filtrar as informações. Afinal, tudo pode ser relevante se você não tem claras as metas e objetivos do seu empreendimento nem usa esse critério na hora de definir as suas buscas por conteúdo.

Veja alguns critérios que você pode utilizar para definir quais dados importam para o seu negócio:

  • Localização: é claro que conhecer os dados mundiais do delivery é relevante, mas você não pode se basear só neles para guiar a implantação da solução em uma cidade do interior do Brasil, por exemplo. Sempre que possível, busque informações locais para ter referências mais próximas da sua realidade de mercado.
  • Crescimento e queda: como está o mercado do delivery? Está aquecido ou em queda? Quais fatores têm influenciado ambos os cenários? Quais são as tendências para os próximos meses/anos? Entender o que leva ao aquecimento ou à baixa de um mercado é importante para que você consiga traçar suas estratégias com um pouco mais de segurança e consciência sobre o que pode ser esperado.
  • Segmento de mercado de delivery: assim como qualquer mercado, o delivery é um modelo adotado por diferentes segmentos e, em geral, cada um responde melhor a determinadas estratégias. Um delivery de comida, por exemplo, usa estratégias diferentes de uma farmácia ou um pet shop. Isso não quer dizer que as informações direcionadas para um segmento não possam servir como inspiração para outro, mas buscar conhecimento direcionado para o seu segmento é importante para a geração de insights.

4 → Transformando números em ideias e vendas

Por fim, é hora de reunir todas as informações e transformar números em ideias que ajudem a gerar receitas. Essa é a hora em que você precisa ter em mãos todas as informações sobre o seu negócio, para que possa cruzar os dados e fazer as perguntas certas para definir suas estratégias. Veja alguns exemplos:

Aproveite as tendências

Identificar tendências é uma forma de entender os rumos que o mercado está tomando e no que vale a pena ou não investir. Esta pesquisa, por exemplo, indicou que 65% dos consumidores desejam que suas ações tenham impacto positivo sobre o ambiente.

A partir disso, será que não vale a pena adotar práticas mais sustentáveis na sua operação? Isso faz sentido para o público que você já tem ou quer atrair? Essa é uma prática que conversa com os valores da sua empresa? Ao buscar as tendências predominantes no mercado, você consegue ter uma noção melhor se o seu negócio tem as características que o público está buscando ou se vai em uma direção contrária.

Avalie o comportamento do consumidor

Entender os hábitos e preferências dos consumidores é essencial para nortear as estratégias de qualquer negócio. Por isso, busque estudos que apontem o comportamento dos consumidores relacionados ao delivery e cruze os dados com os resultados que você tem obtido até então.

Uma pesquisa da Delivery Much sobre números do delivery online no Brasil, por exemplo, apontou que a facilidade/praticidade é o motivo que leva 73% dos usuários até o delivery, contra 38% que busca cupons e promoções. Quem busca descontos, por sua vez, se sente mais atraído por cupons e promoções do que por entrega grátis. Agora reflita sobre como esses números se apresentam no seu negócio.

  • Qual é a taxa de retenção dos seus clientes?
  • Com qual recorrência eles compram de você?
  • Quais estratégias trazem mais retorno em número de clientes e quais ajudam a aumentar o ticket médio?
  • Os seus processos logísticos estão voltados para entregar facilidade e praticidade para os seus clientes ou o seu foco está apenas em oferecer promoções? 

Diversifique as estratégias de prospecção de clientes

Como você atrai novos clientes até o seu negócio? Investe em anúncios em sites de busca, no trabalho em mídias sociais ou na divulgação orgânica do marketplace? Todas são estratégias válidas, mas olhar para o mercado pode gerar bons insights.

A pesquisa da Delivery Much apontou que 56% dos usuários em todo o Brasil chegaram até o app por indicação de amigos. Isso faz muito sentido, já que é comum buscarmos a opinião de quem já conhecemos antes de tomarmos uma decisão. Por que então não replicar a mesma ideia no seu negócio? Investir em um bom programa de indicações pode trazer mais clientes ativos do que anúncios (que não pedimos para ver) em mídias sociais.

Estes são apenas alguns exemplos, já que os dados do mercado de delivery (e do mercado no geral) podem ser usados para validar inúmeras estratégias e guiar o plano de ação de qualquer segmento. Busque fontes confiáveis e aproveite os números que o mercado oferece para ser mais assertivo em suas ações.


Leitura complementar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *