11 dicas de gestão de restaurantes em épocas de crise

11 dicas de gestão de restaurantes em épocas de crise

Gestão de restaurantes: veja quais pontos você deve estar atento para superar a crise e gerar valor de marca.


A pandemia do coronavírus pegou o mundo de surpresa. No Brasil, 2020 era tido como um ano de altas expectativas em relação à melhora da economia — e muitos negócios já estavam contando com isso. No entanto, ao invés de acelerarmos, vimos o mundo inteiro parar de uma hora pra outra.

Assim como os demais setores da economia, os restaurantes e pequenos negócios ligados ao setor de alimentação estão sofrendo nesse período. Como são atividades consideradas essenciais, esses negócios ainda podem operar, mas a queda brusca nas vendas já pode ser sentida logo nas primeiras semanas.

Ainda que não seja possível prever quando a pandemia vai passar, é possível gerir o negócio de forma a diminuir ao máximo os impactos gerados pela crise.

Confira nossas dicas para fortalecer o seu negócio nesse período de incertezas.


MENU DE NAVEGAÇÃO
1 → Organize-se para enfrentar um cenário de crise
2 → Mantenha-se sempre informado
3 → Lembre-se de que o mercado muda o tempo todo
4 → Mantenha a transparência com a sua equipe
5 → Aproxime a sua empresa dos seus clientes
6 → Cuidado com oportunismos
7 → Use a tecnologia a seu favor
8 → Fique atento à saúde mental dos seus colaboradores
9 → Negocie com seus fornecedores
10 → Prepare a sua equipe para quando a crise passar
11 → Tenha consciência de que nada será como antes


1 Organize-se para enfrentar um cenário de crise

– Quais são os riscos em relação à realização das atividades diárias?

– Como a crise interferiu na manutenção do seu fluxo de caixa até agora?

– Quais problemas podem surgir a longo prazo?

Para gerenciar uma crise é preciso enxergá-la como um todo. Por isso, liste todos os motivos pelos quais ela pode afetar o seu negócio.

É a partir de um levantamento completo da situação atual da sua empresa e das previsões para os próximos meses que você deve tomar decisões e fazer seu planejamento de ações, independentemente do tamanho do seu negócio ou do setor no qual você atua. Dessa forma, fica mais fácil de enxergar o que precisa ser feito.

Talvez com mudanças pontuais você já consiga estabilizar o seu negócio, mas também podem ser necessárias medidas mais radicais. Para ambos os casos, é preciso estar preparado.

2 → Mantenha-se sempre informado

Busque canais oficiais e evite compartilhar dados sem conferir a veracidade. Isso pode influenciar negativamente na sua marca e gerar desgaste desnecessário.

Essa é uma regra básica para qualquer negócio e em qualquer momento. Saber o que acontece nos mercados local, nacional e mundial é um conhecimento fundamental para dar qualquer passo relacionado à sua empresa. Em momentos de crise não poderia ser diferente.

Seja em função de um evento pontual, seja por conta de uma pandemia mundial, é preciso entender os impactos da crise no seu mercado. Mas é preciso estar atento às fontes de informação. Hoje em dia, com a rapidez da circulação de informações pela internet, é muito fácil cair em notícias falsas.

3 → Lembre-se de que o mercado muda o tempo todo

Em cenários de crise, tudo muda muito rápido. É preciso entender essas mudanças e avaliar o melhor momento de agir ou a necessidade de modificar seus planos, se necessário.

Além da recessão, as crises também podem trazer novas perspectivas e oportunidades para o seu negócio. Prova disso são os diversos restaurantes que reagiram à pandemia do coronavírus e reinventaram sua forma de atender os seus clientes através do delivery.

Logo, se você conhecer o seu negócio a fundo e estiver atento às novas necessidades dos seus consumidores, as suas chances de aproveitá-las são bem maiores.


Curiosidade, veja o que as pessoas esperam das empresas durante a crise:


4 → Mantenha a transparência com a sua equipe

A comunicação com a sua equipe deve ser tão ou mais eficiente do que em épocas normais

A tensão e as incertezas são sentidas por todos, portanto a transparência nessas horas é fundamental. Não deixe de fornecer atualizações sobre a situação da empresa e, se possível, exponha os planos traçados para atravessar a crise.

5 → Aproxime a sua empresa dos seus clientes

80% das pessoas acreditam que as marcas devem comunicar seus esforços para enfrentar a pandemia e sobre como podem ser úteis nesse novo dia a dia.

Em meio à pandemia, o isolamento social é uma medida importante de controle. Isso não significa, no entanto, que a sua empresa tenha que se afastar dos clientes. Pelo contrário: esse é o momento de se fazer presente.

A crise está sendo atravessada por todos, e deixar claro o seu apoio aos seus clientes é uma forma de humanizar a sua marca. Essa aproximação pode exercer grande influência nas escolhas futuras dos seus clientes e, por sua vez, fazer toda a diferença no processo de reestruturação do equilíbrio da sua empresa.

6 → Cuidado com oportunismos

Não use este momento para superfaturar preços, você pode servir como apoio para a comunidade local e, acredite, isso faz toda a diferença.

Todos sabemos o quanto a situação em meio a pandemia tem sido complicada para todo mundo, mas não é raro vermos por aí péssimos exemplos de como gerenciar a situação. Não faltam pessoas e empresas que buscam se aproveitar da situação para obter lucros ao invés de estabelecer parceria de apoio mútuo.

Lembre-se de que a imagem que você construir agora irá perdurar muito além da crise.

7 → Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia é uma grande aliada neste momento e pode, inclusive, mudar a forma como vamos nos relacionar com trabalho daqui para frente.

Com a pandemia, vimos as empresas tendo que se reinventar da noite para o dia para manterem sua rotina sem arriscarem a segurança dos seus colaboradores.

A sua empresa não pode parar, portanto não deixe de usar a tecnologia a seu favor. Se o trabalho presencial é indispensável, como é o caso dos restaurantes, dê atenção especial aos canais de comunicação com os seus clientes. Aproveite também as soluções que oferecem destaque ao seu negócio, como é o caso de aplicativos de delivery.


Leia também:


8 → Fique atento à saúde mental dos seus colaboradores

O bem-estar de quem trabalha com você também faz parte da gestão de um negócio

Nos últimos anos, as discussões sobre a saúde mental no ambiente de trabalho começaram a ganhar mais destaque e, com a pandemia, ela se tornou ainda mais necessária.

Estamos todos sob forte tensão e  isso pode influenciar diretamente na produtividade dos seus colaboradores. Esteja atento e busque oferecer auxílio nesse sentido. Promover conversas e meditações coletivas à distância tem se mostrado uma alternativa eficaz para aproximar as equipes neste momento de distanciamento.

Você pode utilizar ferramentas como o Whatsapp ou mesmo o Google Meet para manter uma comunicação aberta com seus colaboradores.

9 → Negocie com seus fornecedores

Converse com seus fornecedores sobre a flexibilização de prazos de pagamento. Essa é uma forma de garantir que o negócio sobreviva a esse período e que a parceria possa se manter depois que o pior passar.

Neste momento, contar com fornecedores parceiros faz toda a diferença. Sabemos que está difícil para todo mundo, então o apoio mútuo é fundamental. Afinal, se um negócio quebra, toda a rede perde um elo importante.

10 → Prepare a sua equipe para quando a crise passar

Fortaleça e conduza a sua equipe para o momento de retomada

Quando estamos no meio de uma crise, pode ser difícil enxergar uma luz no fim do túnel. Mas o fato é que, mais cedo ou mais tarde, ela vai passar, e é preciso estar preparado para esse momento.

A crise ainda vai gerar muitos aprendizados, mas é preciso saber o que fazer com eles.

11 → Tenha consciência de que nada será como antes

Mesmo com tempos difíceis, muitas oportunidades vão surgir

O objetivo aqui não é ser pessimista. Mas o fato é que, após superarmos a crise, as coisas não voltarão a ser exatamente como eram antes — e isso não é, necessariamente, algo ruim.

Os negócios que não forem resistentes a mudanças e buscarem se preparar para uma nova realidade a partir de agora e têm mais chances de crescerem e se reinventarem depois que tudo passar.

Confira mais dicas para gestão do seu restaurante durante a pandemia aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *