como vender uma franquia

Como vender uma franquia: como fazer e regras

O repasse de franquia é uma transação feita pelo franqueado que deseja vender sua unidade e os direitos de uso da marca para outro empreendedor.


Já falamos várias vezes aqui no blog sobre as vantagens de abrir uma franquia e de como um modelo de negócios validado somado ao know how do franqueador ajudam o empreendedor a sair na frente. Mas e se o negócio não dá certo?

Por mais que investir em uma franquia seja um empreendimento mais seguro e a taxa de fechamento de franquias seja muito menor em comparação a negócios tradicionais, ela não é garantia de sucesso.

Nem todos os franqueados conseguem manter o trabalho em alta, fator que os leva a buscar alternativas para vender a unidade. 

É preciso, no entanto, estar atento: vender uma franquia não é o mesmo que vender um negócio independente. Para entender como proceder neste caso, confira os tópicos abaixo:


MENU DE NAVEGAÇÃO

1 → Quando e por que vender uma franquia?
2 → Regras para vender uma franquia


1 → Quando e por que vender uma franquia?

Os fatores que podem levar o franqueado a optar pela venda da franquia são diversos:

Seja por um desses motivos ou seja pela combinação de vários, a venda pode se apresentar como o melhor caminho.

É importante que o empreendedor olhe com cuidado para a situação e avalie todas as alternativas possíveis.

Porém, antes de tomar qualquer decisão, o franqueador precisa analisar o contrato da franquia e entender o que está previsto em casos de repasse de uma unidade.

2 → Regras para vender uma franquia

a) Exponha a situação ao franqueador

Antes de dar início ao processo de repasse da franquia para um novo proprietário, o franqueado precisa entrar em contato com o franqueador e expor sua situação.

Ele precisa dar o seu aval sobre a mudança e aprovar o novo candidato, do contrário a venda não acontecerá.

b) Seja transparente

Um negócio que começa errado, dificilmente acabará bem. Seja transparente com os interessados em adquirir a franquia e exponha sua real situação.

Faça todos os levantamentos de números e dados, e certifique-se sobre a existência ou não de pendências. Todas as informações devem entrar na negociação, mesmo que você sinta que elas podem prejudicá-la.

Se a franquia não está performando como o esperado, não quer dizer que ele seja ruim ou condenado à falência. O empreendedor interessado em adquirir a sua unidade pode enxergar oportunidades onde você não vê, portanto honestidade e transparência são imprescindíveis durante a transação.

c) Cobre do franqueador a orientação necessária

O franqueador tem o dever de orientar você ao longo deste processo. Cobre informações sobre condições de mercado, divulgação da venda, aprovação do comprador e treinamento e suporte quem adquiri-la.

d) Cumpra o que está previsto na lei

O repasse de uma franquia deve seguir o que está previsto em lei nestes casos. Isso inclui rescindir o contrato de franchising vigente e transferir a locação para o novo ocupante do local.

Se você tiver funcionários trabalhando com você na franquia, também é necessário fazer a transferência dos funcionários e das responsabilidades trabalhistas.

É preciso avaliar o modelo de repasse (se é total ou apenas do negócio) e exigir uma cláusula de riscos trabalhistas para evitar processos e riscos dessa natureza.

Leia também:

Lei 8.955: conheça a lei de franquias

Entenda o que é a COF (Circular de Oferta de Franquia)

e) Saiba calcular o valor da sua unidade

Esse é um ponto essencial para que você não saia no prejuízo e consiga ao menos reaver boa parte do que investiu.

O franqueador tem o dever de ajudar você a calcular o valor adequado, levando em conta o faturamento médio dos últimos 24 meses e o valor dos equipamentos que compõem a loja.

Os resultados do fortalecimento da marca na região e da fidelização dos clientes também entram nessa conta, uma vez que o novo proprietário da franquia já vai assumir o negócio com uma clientela garantida.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *