Melhores investimentos para 2020

Melhores investimentos para 2020

Conheça quais são as oportunidades e melhores investimentos para 2020 em empreendedorismo e no mercado de franquias.

Mesmo em um cenário político conturbado, especialistas e investidores têm expectativa de crescimento para a economia brasileira em 2020.

O otimismo se dá por fatores como o aumento do nível de confiança dos empresários e da sinalização positiva de investidores estrangeiros.

Somente o Softbank criou um fundo de US$ 2 bilhões para serem investidos na América Latina nos próximos anos.

Além disso, o crescimento do consumo no mercado interno, puxado, principalmente, pelas empresas de tecnologia, é um forte sinal para o empreendedorismo e novos negócios em 2020.

Dados de crescimento do mercado entre 2018 e 2019

Franquias (ABF) → 7% no primeiro semestre de 2019
Franquias online → 100% no primeiro semestre de 2019*
Delivery online → 116% no primeiro semestre de 2019*
Alimentação fora do lar → 3,5% em 2018
Varejo → 2,3% em 2018
E-commerce → 15% em 2018
*dados da Delivery Much Brasil

1 → Melhores investimentos para 2020

Assim como em 2019, alguns setores como alimentação saudável, biojoias, brechós, infoprodutos, pets, franquias online e produtos orgânicos seguem em alta para 2020 (vamos falar deles abaixo).

A grande diferença para o empreendedor que pretende investir em algum destes mercados está em onde e como iniciar um empreendimento.

Segundo dados do Sebrae, a competitividade está cada vez mais alta e a exigência dos consumidores, sempre em busca de conveniência e praticidade, segue em crescimento.

E este é um dos pontos de atenção para qualquer empreendedor que pensa em investir em um negócio próprio.

Isto é, apenas apostar em um nicho em tendência não significa ter sucesso. É preciso verificar e estruturar pontos como:

  1. pesquisa de mercado: todo investimento, seja ele financeiro ou um empreendimento, demanda estudo de mercado. No caso de um negócio, é preciso entender de forma minuciosa as oportunidades e barreiras.
  2. validação da ideia: valide com todos os players (clientes, parceiros e fornecedores) se há ou não espaço para seu negócio e quais são as forças e fraquezas do negócio.
  3. concorrentes: descubra quem serão seus concorrentes, o que eles estão fazendo e onde estão deixando brechas. 
  4. diferencie-se: entender muito bem seu “inimigo” e seus clientes é sua oportunidade de se destacar no mercado, mesmo que ele seja altamente competitivo. Por exemplo, se você vai iniciar um delivery online, descubra o que está faltando no seu concorrente e oferte eles ao seu público. 
  5. fornecedores: atende para a demanda do que você quer oferecer e descubra se há fornecedores suficientes para cobrir está demanda. Vender é importante, mas lembre-se de não frustrar seus clientes. 
  6. prepare-se para várias realidades: esteja pronto para qualquer cenário. Em uma realidade de falta de produto, qual será seu plano B?, por outro lado, na falta de demanda, quais são as opções para manter o negócio rentável?
  7. Sempre ouça seus clientes: aproxime-se dos seus clientes e entenda o que eles esperam de você e como é possível melhorar seus serviços. Lembre-se, mesmo em um cenário onde você é pioneiro no negócio, é provável que em breve você haja concorrência.
  8. Faça testes e meça seus resultados: independente de que nicho você esteja sempre é possível fazer testes e entender o que funciona e o que não. Mas para isso dar certo, é preciso documentar testes. Importante, estipule metas para seus testes, data de início e fim e após monte um documento com tudo que aprendeu. Se deu certo, há base para replicar o teste, se deu errado, é possível saber o que deu errado e porque.

2 → Quais negócios estão em alta 2020 

De acordo com especialistas, os melhores negócios para se investir em 2020 são os que estão despontando neste segundo semestre de 2019.

Como trouxemos acima, as melhores apostas são:

 1 → Alimentação Saudável ou Alternativa: em crescimento acelerado o mercado de alimentação saudável é uma excelente oportunidade de negócio para 2020.

Para reforçar o negócio é possível pensar em soluções que atendam não apenas quem busca por comidas mais saudáveis (mercado fitness), mas também quem tem necessidade de alimentos específicos.

Um caminho a ser seguido é investir em produtos naturais, orgânicos e de alimentos para atender a quem tem restrições alimentares (glúten, lactose, etc).

2 → Pets: de acordo com reportagem do jornal do comércio, em média, o brasileiro gasta R$ 300 por mês com seus pets.

Por conta disso, o setor é um ótimo investimento há alguns anos e cresce, em média, 7% ao ano. Tendo faturado apenas em 2018 mais de R$ 18 bilhões, com o segmento de alimentação responsável por 68% deste total.

Uma vantagem do setor está na amplitude de serviços, que vão desde oferecer passeios a cuidados veterinários.

3 → Biojoias: seguindo a tendência de uma vida mais saudável e sustentável, o mercado de joias constituídas a partir de matérias primas sustentáveis como pedras, sementes e até mesmo folhas é um dos setores em alta e com tendência de crescimento em 2020.

Além de ser uma opção sustentável, este nicho tende a ser interessante para cidades com muito fluxo de turistas, pois têm em si a ideia de ser um produto local e não industrializado. 

4 → Brechós: embora esteja longe de ser um novo negócio, os brechós, por seguir uma linha sustentável, se mantêm em alta no mercado.

A novidade está na evolução desse mercado para o meio online, onde é possível atender a públicos diversos.

5 →  Infoprodutos: em 2018, Neil Patel, um dos maiores especialistas em marketing digital do mundo, falou que o Brasil crescerá muito no mercado de infoprodutos.

Ele estava certo, hoje além de movimentar milhões, o mercado se tornou uma alternativa para quem busca ou oferece por cursos, livros ou palestras online.

6 → Franquias: aquecido o mercado de franquias, mantém um crescimento anual acima dos 7% no Brasil.

Para se ter ideia, apenas no segundo trimestre de 2019, o setor faturou R$ 43 bilhões, crescimento de 6% se comparado ao mesmo período do ano passado.

O setor se destaca também pela segurança no investimento. Comparado ao mercado tradicional, as franquias têm até 7 vezes mais chances de prosperar, nos primeiros 5 anos.

Outro motivo que dá ao modelo status de ótimo investimento está ligado ao negócio já ser testado, validado e o empreendedor poder contar com suporte da franqueadora e apoio de uma rede de empreendedores.

Além disso, pelo setor englobar inúmeras empresas, é possível optar por diversos nichos de mercado.

Em 2019, o que mais se destacou foi o de franquias online. Leia mais aqui: Franquias online, o que são, melhores franquias e investimentos.

Além das opções destacadas acima, mercados como o de Beleza, Marketing Digital, Games e cervejarias artesanais são ótimas oportunidades para se empreender em 2020.

O importante, independente do nicho escolhido e fazer uma boa pesquisa de mercado para validar sua ideia.

A seguir, se você pretende investir em uma franquia,  vamos nos aprofundar neste mercado.

3 → O Mercado de franquias e seus atrativos

Como mencionado acima, o mercado de franquias é até 7 vezes mais seguro que um negócio tradicional.

Dados da ABF mostram que a taxa de mortalidade de uma unidade franqueada é de apenas 10% nos primeiros 5 anos, período, considerado por instituições como essencial para a sobrevivência de um negócio.

O número demonstra não apenas a segurança do negócio, mas as oportunidades abertas por um mercado em expansão para o interior do país.

Entre os principais atrativos para investir em uma franquia em 2020 estão:

  1. Mercado aquecido e em expansão para o interior: segundo a ABF, estima-se que o mercado de franquias cresça 10% em 2019, seguindo o número de 2018. A novidade 2020 é a rápida expansão de grandes marcas para o interior do país
  2. Modelo de negócio testado, validado e com exclusividade: ao adquirir uma franquia, o empreendedor tem por lei direito a exclusividade de localização – saiba mais aqui.
    Além disso, se está adquirindo um negócio já testado e validado, com plano de negócio, plano de marketing, apoio de rede de franqueados e suporte da franqueadora. Há franquias, como a Delivery Much, que disponibiliza para o franqueado uma estrutura de Customer Success.
  3. Segurança garantida por lei: o sistema de franchising é regido pela lei 8.955 de 1994. A lei, entre outros pontos, garante, por meio da COF, em caso de omissão de informações por parte do franqueado, segurança jurídica e em alguns casos o ressarcimento da taxa de franquia ao empreendedor. 

leia também: Franquias: vantagens e desvantagens de investir no negócio